Notícias de Caçador e Região

RETROSPECTIVA 2016: Ano não foi o melhor para o esporte caçadorense

2016 não foi o melhor ano para o esporte caçadorense. Mesmo assim os atletas do município trouxeram diversas marcas e conquistas significativas para Caçador em 2016.

O destaque continuou para o atletismo, com seu maior representante sendo o atleta Laurindo Nunes. O caçadorense iniciou o ano com a medalha de ouro na 10ª Corrida e Caminhada BRF. E as vitórias continuaram durante todo o ano, com vitórias em competições da região, quebra de recordes, medalha de ouro no estadual, vice na Meia Maratona de Passo Fundo e vitória na  1ª Corrida Uniguaçu. Mas não parou por ai, o atleta ainda foi campeão nos Jogos Universitários.

Os atletas da Associação de Atletismo de Caçador representaram muito bem o município em diversas competições estaduais e fecharam o ano com duas medalhas na OLESC. 
15589492_1084474244995155_7136126469383393370_n

Outro esporte que trouxe visibilidade para Caçador, mas a nível internacional foi o Powerlifting. No início de 2016 o atleta Jônatas Maia foi convocado para participar do Arnold Classic Brasil no Rio de Janeiro. Logo depois Jônatas e a também atleta Samantha Susin foram campeões no Sul-Americano. Essa vitória trouxe para Jônatas mais uma importante conquista. Em novembro o atleta participou do Campeonato Mundial em Orlando, nos EUA, garantindo ótimas marcas e fechando o ano com chave de ouro.

Outro esporte que trouxe visibilidade mundial para Caçador foi o MMA. Além do atleta Junior Cigano, lutador do UFC, os atletas da CTKO mostraram sua força dentro do esporte na região e também fora do Brasil.

cigano zagreb

Cigano começou o ano com vitória no UFC Croácia em abril. Logo após a vitória o lutador precisou passar por uma cirurgia no ombro que fez com que ficasse parado durante o restante do ano. Porém sua volta aos octógonos tem data marcada para fevereiro, no Canadá.  

O MMA também esteve presente na região. Na 3ª edição do K.O Combate em Fraiburgo Caçador foi representada por quatro atletas. Marcio Pimentel, Daniel Rocha, José Lucas Pelé e Renato Pézinho. Todos os atletas saíram do evento com vitórias expressivas.

13227213_464236710442653_4722470999379612738_n-1

O atleta Renato Pézinho foi o destaque, conseguindo logo depois uma disputa por vaga no KSW, na Europa. O atleta venceu duas lutas na mesma noite no Aspera FC e garantiu um contrato com o KSW. Na Polônia Pézinho enfrentou o detentor do cinturão do evento, mas acabou saindo com a derrota.

Outro atleta que foi destaque em 2016 foi José Lucas Pelé. Após sua luta no K.O Combate o atleta precisou passar por uma cirurgia no ombro. Pelé recebeu a ajuda de toda a comunidade caçadorense para custear a cirurgia e deverá voltar aos octógonos em breve.  

Os campeonato municipais continuaram em 2016. O Campeonato Amador trouxe o Juventus como campeão da 3ª divisão e o Aurora como vencedor da 2ª.

A decisão da 1ª divisão precisou ser adiada pela segunda vez após uma determinação da justiça. O confronto foi adiado por conta de um recurso do XV de Novembro no Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina. O motivo foi a escalação de um atleta irregular por parte do Napoli, que já havia sido campeão da Copa Caçador no início do ano.

Outro esporte tradição que continuou com bons resultados em 2016 foi o handebol. O time da UNIARP conquistou o tricampeonato da Liga Universitária, o Campeonato Brasileiro e também a fase regional dos JASC.

13532880_645735075585818_834205832959974163_n

Não podemos falar do esporte em 2016 sem tocar nas Olimpíadas do Rio. Os caçadorenses marcaram presença nos jogos.

Em Pernambuco uma caçadorense conduziu a tocha olímpica e um professor da UNIARP foi voluntário dos jogos no Rio.

Caçador foi representada também nas Paralimpíadas pelo atleta Carlos Jacó na equipe de vôlei sentado. A equipe ficou com a 4ª colocação.

brasilvoleisentadorio2016divulgacao

 

Nem só os esportes tradicionais trouxeram alegria para o esporte caçadorense. O Caçador Pôquer Clube, Associação Caça e Tiro e Moto Clube também foram destaques.

O Caçador Pôquer Clube iniciou o ano ensinando os caçadorenses a como jogar, mas também garantiu troféus na Liga Catarinense e em Etapa do Catarinense em Blumenau.

A Associação Caça e Tiro e o Moto Clube também participaram de diversas competições regionais e estaduais trazendo diversas conquistas para Caçador.

 

 

trevo-todas-materias

wpp

Veja Também
Comentários
Loading...