Notícias de Caçador e Região

“Padre Levi Sacerdote” se manifesta através de áudio no WhatsApp e rebate nota da Diocese

O “Padre Levi Sacerdote”, se manifestou através de um áudio, que circula em grupos do WhatsApp, depois de a Diocese de Caçador ter emitido nota, orientando seus fiéis para que não o procurassem, por não ter sido ordenado padre pela Igreja Católica Apostólica Romana.

Levi afirmou que faz parte da Igreja Católica Apostólica Sagrada Família e que vai adotar as medidas legais necessárias contra o bispo Dom Severino Clasen pela emissão da nota. “Estamos cientes das mentiras propagadas pelo bispo da Diocese de Caçador. Quando eu estiver em casa, novamente em Xanxerê, vou divulgar uma nota para a imprensa”, afirmou.

Afirmando que não é a primeira vez que passa por esta situação, “Padre Levi Sacerdote” ou Levi José, como se apresenta, confortou “àqueles que chamou de irmãos e irmãs”. “Para dar um pequeno retorno para vocês que sempre recorrem ao nosso trabalho para buscar um alívio e alento para suas dificuldades”, completou, destacando que estava em um local com a internet ruim e que por isso não teria gravado um vídeo.

“Sofremos há 9 anos. Sempre que fazemos este trabalho e a igreja se levanta contra nós porque ela deveria fazer o que estamos fazendo. Mas, vamos rezar por este bispo, que deve estar passando por problemas, dificuldades, quem sabe ele possa vir até o nosso trabalho e nós o libertamos dos seus males de demônios também”, disparou Levi.

A Comunidade Católica Sagrada Família

A Comunidade Católica Sagrada Família foi fundada em 24/06/94 (Solenidade da Natividade de S. João Batista – Ano da Família) por Italo Juliani Passanezi Fasanella com sua esposa e mais 4 outros casais.

O site oficial da instituição religiosa informa que trata-se de uma “Comunidade de vida e aliança e existimos para evangelizar e resgatar a família. Empreendemos esforços para promover a família e seus verdadeiros valores: a vida, a moral, a espiritualidade, a santidade, a harmonia, o perdão, ou seja, a reconstrução do equilíbrio desta instituição divina da qual depende o verdadeiro equilíbrio de nossa sociedade”.

“Somos formados por adultos e jovens (casados; solteiros; e somos abertos aos vocacionados ao celibato e ao sacerdócio); que abraçam, por um chamado de Deus e uma vocação específica, a causa da família. Vivemos nas formas de Vida Comum e Comunidade de Aliança. Vida Comum são aqueles que se entregam e consagram seu tempo integral para esta obra vivendo na comunidade e Comunidade de Aliança são aqueles que, tendo suas atividades no mundo, também se dedicam e consagram parte de seu tempo para a missão da comunidade”, completa.

 

Veja Também

Comentários estão fechados.