Notícias de Caçador e Região

Neto serve café envenenado para avó após discussão no Oeste

Um adolescente de 16 anos é suspeito de servir café envenenado para a própria avó, de 60 anos, em Pinhalzinho, no Oeste de Santa Catarina.

 Segundo informações do delegado de Polícia Civil Lucas Almeida, responsável pelo caso, o fato teria ocorrido após uma discussão entre os dois, ainda no dia 25 de novembro. Porém, a vítima passou mal e precisou ser hospitalizada, momento em que o caso chegou ao conhecimento da polícia.

 De acordo com Almeida, neto e avó teriam se desentendido durante a tarde e a noite, o adolescente ofereceu o café para a idosa, que teria desconfiado da boa ação, mas acabou tomando parte da bebida.

 Conforme apurado, nos primeiros goles de café, a idosa sentiu um cheiro e gosto fortes, chegando até mesmo a tomar leite depois por desconfiar de que teria ingerido veneno. Dias depois, já nesta semana, a vítima teve complicações e precisou ser internada no hospital do município, que denunciou o caso.

 O menor confessou ter colocado veneno e disse que agiu de maneira errada. Segundo o delegado, por ser menor de idade, o jovem não será encaminhado ao presídio, mas conforme apura a investigação, pode ser internado em um Centro de Atendimento Socioeducativo Provisório (Casep). O tipo de veneno utilizado não foi divulgado.

 Com informações Oeste Mais 

Veja Também

Comentários estão fechados.