Ciclone no RS: sobe para 39 o número de mortos: ‘essa situação dói e nos toca’

Jonathan Ribeiro

Jonathan Ribeiro

As informações mais atualizadas de Santa Catarina, do Brasil e do Mundo!

Compartilhe

Ciclone

Uma nova atualização da Defesa Civil Estadual revelou que o número de mortos nas enchentes que devastaram o Rio Grande do Sul subiu para 39 nesta quinta-feira (7). As duas últimas mortes confirmadas ocorreram nos municípios de Cruzeiro do Sul e Imigrante.

Além disso, nove pessoas seguem desaparecidas em Muçum, onde as equipes de resgate continuam as buscas. O estado enfrenta a pior tragédia natural dos últimos anos, superando o saldo de 16 mortos provocados por um ciclone extratropical em junho.

Segundo o boletim da Defesa Civil, a chuva afeta 79 cidades gaúchas, deixando 2.504 pessoas desabrigadas e 3.575 desalojadas. Desde o início da emergência, 2.745 pessoas foram resgatadas pelas autoridades.

O governador Eduardo Leite (PSDB) decretou estado de calamidade pública na quarta-feira (6) e alertou que o número de mortos pode aumentar à medida que os trabalhos de resgate avançam. Ele disse que ficou chocado com o “cenário desolador” que presenciou nos sobrevoos nas áreas mais atingidas.

“É uma situação muito triste e dolorosa, mas estamos firmes aqui para dar todo o apoio necessário”, declarou Leite. “Vimos comunidades totalmente submersas. É desolador, há muita destruição. Tive de segurar o choro em alguns momentos. Essa situação dói e nos toca”.

Ciclone

Veja a quantidade de mortos por cidades por causa do ciclone: 

Passo Fundo: 1

Mato Castelhano: 1

Ibiraiaras: 2

Lajeado: 3

Estrela: 2

Encantado: 1

Muçum: 14

Roca Sales: 9

Imigrantes: 1

Santa Tereza: 1

Cruzeiro do Sul: 4

Para auxiliar as vítimas das fortes chuvas no RS, o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina enviou na manhã na quarta-feira (6) 21 bombeiros militares especializados em emergências. Eles fazem parte das equipes de Forças-Tarefas dos batalhões de diferentes cidades do estado.

Além disso, foram disponibilizados seis veículos 4×4, um caminhão de abastecimento, um helicóptero Arcanjo 01 e cinco bombeiros militares do batalhão de operações aéreas.

Com informações ND Mais

LEIA TAMBÉM: Bombeiros de SC são acionados para apoio a vítimas de ciclone no RS

Receba notícias, diariamente.

Salve nosso número e mande um OK.

Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp