Notícias de Caçador e Região

A polêmica do Hino de Caçador – Por Rafael Seidel

Hino de Caçador

Semana passada fiz uma matéria para o Portal Notícia Hoje falando que a música do hino de Caçador é bastante parecida com uma canção russa de 1912, a Despedida de Slavianka.

Pois bem, apesar de termos inserido as duas músicas na matéria, acabei sendo massacrado no Facebook por familiares de Osvaldo Olsen, que me chamaram das mais diversas palavras estranhas, inclusive de “jornaleiro”.

“Ah, não gosto do que você publicou vou te chamar de jornaleiro para tentar te diminuir”, devem ter pensado os indignados comigo.

Em primeiro lugar, nunca fui “jornaleiro”, mas de forma alguma me incomodei com o adjetivo “carinhoso” até porque trata-se de uma profissão digna como tantas outras e não acredito que deveria ser usada para difamar uma pessoa.

Além disso, quando as pessoas precisam da imprensa ou dos jornalistas, estes são os melhores possíveis, mas quando se veem em meio a uma denúncia, acabam tentando massacrar e humilhar.

Hino de Caçador 1

Agora, sobre a polêmica: em nenhum momento a matéria acusou Osvaldo Olsen de ter plagiado a música. Pelo contrário, apenas foi feita uma comparação, provando que a canção original é datada de 1912 e a do Hino de Caçador da década de 60, mais ou menos.

Desse ponto em diante, nem precisamos mais tirar conclusões porque, no caso, são óbvias.

Hino de Caçador 2

Mas, como a polêmica foi criada, vou aqui apimentar: o saudoso Joair dos Santos Lima, que hoje dá nome à Associação Caçadorense de Imprensa (ACIJO), da qual coincidentemente presido, teria escrito uma letra nova e atualizada para o Hino de Caçador.

Humilde como sempre, o “seu Joair” não estaria fazendo isso para ganhar dinheiro, mas por pensar, assim como eu e várias outras pessoas pensam, que estava na hora de ter um hino mais coerente com a nova Caçador, que se transformou e muito depois dos anos 2000. Pena que o seu Joair morreu e com ele também essa maravilhosa ideia.

E que tal se algum músico ou compositor da cidade comprasse essa ideia?

Udesc

O Plano Estadual de Educação foi aprovado e, com ele, uma emenda que prevê a instalação da Udesc em Caçador.

Certamente, esse é mais um capítulo da novela sobre a Udesc. Voltarei a tratar do assunto ainda essa semana.

Em Brasília

Vereador Alencar Mendes e o vereador Jorge Savi estiveram em Brasília na instalação de uma frente parlamentar de defesa dos Bombeiros Voluntários. A frente foi idealizada e é presidida pelo deputado Marco Tebaldi e que conta com o apoio de deputados e senadores dos mais diversos partidos.

frente bombeirosBombeiros voluntários de Caçador também acompanharam as atividades. “Esta importante iniciativa começa a discutir, em nível nacional, o que é o mais importante, o aspecto da adequação legislativa que precisa acontecer para que não haja mais questionamentos acerca da legalidade e da liberdade de atuação dos Bombeiros Voluntários, que há tantos anos têm desempenhado um excelente serviço em Caçador e em diversas outras localidades”, escreveu Alencar, em seu blog.

O vereador lembrou ainda que, recentemente, aconteceram discussões bastante produtivas e proveitosas na Câmara Municipal a este respeito. “Ainda, em nível estadual, temos significativas ações que visam dar apoio a estas essenciais corporações. Entretanto, é em nível federal que estas discussões têm de acontecer. Por isso é tão louvável esta iniciativa e tão digna de nosso apoio e suporte para que tenha êxito”, completou.

Confira a publicação completa do vereador.

 

Veja Também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.