Notícias de Caçador e Região

VÍDEO: Governo Federal fala sobre medidas de combate à pandemia de coronavírus

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos Damares Alves, o ministro da Casa Civil, Braga Netto, e o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni; participaram de entrevista no Palácio do Planalto, em Brasília, sobre ações de enfrentamento à pandemia de coronavírus.

A ministra Damares anunciou, semana passada, que cerca de 6 mil EPIs (equipamentos de proteção individual) serão distribuídos para 78,2 mil pessoas idosas e 31,7 mil profissionais em mais de 6,2 mil instituições de acolhimento dessa população no país.

Ela também enumerou as ações do governo voltada aos idosos, que somam R$ 3,96 bilhões ao longo do ano, incluindo a garantia do BPC (Benefício de Prestação Continuada) a 155,2 mil idosos que não se inscreveram no Cadastro Único e a aplicação da vacina contra a gripe em mais de 30 milhões de pessoas desse público-alvo.

A ministra afirmou que ainda não é possível estimar quantas pessoas em situação de rua foram contagiadas pelo coronavírus. Porém, vale ressaltar que também é possível ser contaminado entrando em contato com superfícies com o vírus e através de gotículas de saliva.

Data da 2ª parcela do auxílio emergencial
O calendário para pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600, que será feito a partir da semana que vem, deverá ser divulgado até a próxima sexta-feira (8).

A informação foi dada nesta quinta (7) pelo ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, em reunião virtual da comissão mista de deputados e senadores que acompanha as medidas do governo federal para o enfrentamento da covid-19.

Durante a entrevista coletiva desta quinta (7), Onyx ressaltou que foram cadastrados 97 milhões de pessoas em menos de 30 dias. Além disso, mais de 50,5 milhões receberam o auxílio emergencial.

O ministro relembrou que os cadastros poderão ser realizados até o dia 2 de julho. Sendo assim, todos cadastrados até essa data, sendo aprovado, receberá as três parcelas no valor de R$ 600 cada, ou seja, um total de R$ 1.800.

O ministro da Cidadania adiantou aos parlamentares que a pasta vai publicar ainda hoje uma portaria que transferirá R$ 580 milhões para o SUAS (Sistema Único de Assistência Social) a serem usados por municípios.

O dinheiro poderá ser aplicado na compra de equipamento completo de proteção individual para todos os trabalhadores do SUS dos municípios e de alimentos que serão distribuídos para pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Não há regra geral sobre isolamento social, diz ministro da Saúde
O ministro da Saúde, Nelson Teich, disse nesta quinta-feira (7) que o governo não tem uma uma regra geral para todo o país sobre a necessidade do isolamento social.

Segundo ele, diferentes medidas devem ser adotadas por estados e municípios a depender do avanço da Covid-19 em cada local.

Teich, que assumiu a pasta da Saúde há cerca de 20 dias, participou de uma reunião da comissão externa da Câmara dos Deputados que debate ações preventivas contra a Covid-19.

Veja Também
Comentários
Loading...