Notícias de Caçador e Região

VÍDEO: Ex-coordenador da Lava Jato, Deltan Dallagnol confirma saída do MPF

Deltan Dallagnol decidiu, nesta quinta-feira (4), renunciar ao cargo de procurador do MPF (Ministério Público Federal) do Paraná. No fim da tarde, o ex-coordenador da operação Lava Jato publicou um vídeo confirmando sua saída.

Dallagnol é um dos nomes mais conhecidos da operação e atuou em processos que envolviam políticos. Além disso, ele é um dos integrantes mais próximos do ex-juiz Sergio Moro.

De acordo com o portal R7, já em setembro do ano passado, Dallagnol abriu mão do cargo da equipe de investigação, em Curitiba, para cuidar da filha, que passava por problemas de saúde.

A expectativa é que ele dispute uma vaga na Câmara dos Deputados. O ex-procurador da República chegou a sofrer processos no CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) pela acusação de não ter seguido rigorosamente o devido processo legal durante atuação nos processos de que participou como representante do Ministério Público.

Entre elas, está eventuais combinações de diligências e audiências com Moro, reveladas em mensagens publicas pela imprensa. Moro chegou a ser considerado parcial para julgar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em ação movida no STF (Supremo Tribunal Federal).

Dallagnol publicou um vídeo na internet confirmando a sua saída do Ministério Público após mais de 18 anos de serviços prestados.

“Nós passamos por muitos retrocessos no combate à corrupção. Nós vemos notícias cada vez piores sobre processos anulados, leis desfiguradas e corruptos alcançando a impunidade. A sensação é de que nós fizemos está sendo desfeito e a impunidade dá carta branca para quem nos rouba continue roubando”, destaca Deltan Dallagnol.

Com informações Portal R7 

Veja Também

Comentários estão fechados.