Notícias de Caçador e Região

VIDEIRA: Operação da Polícia Civil contra o tráfico prende três pessoas quais são soltas pela Justiça

A Polícia Civil de Videira, por meio da Divisão de Investigação Criminal – DIC, e com o apoio da Delegacia de Polícia da Comarca, cumpriu um mandado de busca e apreensão no bairro São Cristóvão e prendeu três pessoas, todas da mesma família, por tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo.

As investigações se iniciaram com base em denúncias trazidas pela comunidade de que um ex-presidiário estaria mantendo drogas armazenadas em sua residência, sendo que o mesmo indivíduo teria ameaçado pessoas com uma arma de fogo. Assim, representou-se ao Poder Judiciário pela concessão do mandado de busca e na tarde de hoje os policiais se dirigiram ao endereço e lá apreenderam maconha, cocaína, material para fracionar e embalar as drogas (faca, balanças e rolos de plástico filme), uma espingarda, munições, cápsulas deflagradas, dinheiro e celular e faca (usadas para fracionar a droga).

Diante das circunstâncias da prisão três pessoas foram presas, todas acusadas pelos mesmos crimes.
Mãe, filho e padrasto foram conduzidos ao Presídio de Videira, onde aguardarão a audiência de custódia. As investigações prosseguem visando identificar outros integrantes que a eles estão associados.

O Delegado Valdir Xavier, coordenador da DIC, ressalta que mais uma vez se obtém um ótimo resultado no combate ao tráfico de drogas, com base em informações trazidas pela comunidade.

Entretanto, segundo a defesa dos suspeitos, após passar por audiência de custódia, o Ministério Público, requereu a homologação do flagrante, com a consequente decretação da prisão preventiva dos acusados. A defesa, por intermédio do advogado Dr. Ricardo De Proença, requereu a não homologação do flagrante e o relaxamento das prisões face às nulidades constatadas ou subsidiariamente a revogação da prisão e aplicação de medidas diversas da prisão.

O juízo acatou o pleito da defesa e acabou concedendo a liberdade provisória para dois dos três acusados, que poderão responder ao processo em liberdade.

De acordo com a defesa dos suspeitos, agora o processo tramita sob segredo de justiça.

Com informações Rádio Vitória e Espião Notícias 

 

 

Veja Também

Comentários estão fechados.