Notícias de Caçador e Região

Valmor quer fiscalização para o cumprimento da lei

A Câmara Municipal de Caçador aprovou e foi sancionada em 14 de maio de 2010, uma lei municipal que prevê a obrigatoriedade de expedição de receitas médicas e odontológicas, bem como demais documentos pertinentes ao tratamento de saúde, digitadas, datilografadas ou escritas manualmente em letra de forma.  Nesta semana, o vereador Valmor de Paula solicitou ao Executivo que intensifique a fiscalização para averiguar se todos os profissionais de saúde estão cumprindo a lei.

Segundo o vereador, o pedido foi feito após se deparar com um laudo médico de um cliente escrito de forma ilegível, onde, mesmo percorrendo várias farmácias, não foi possível compreender a escrita do médico. “Essa dificuldade de interpretação gera um risco muito grande, pois um remédio pode ser vendido errado e afetar ainda mais saúde do paciente, ou até mesmo a pessoa não conseguir comprar o medicamento porque as farmácias não conseguem identificar a escrita”, frisou.

Valmor explica que a fiscalização terá, num primeiro momento, o objetivo de notificar os profissionais que ainda não cumprem a lei, no entanto, permanecendo o problema, a lei deve ser aplicada conforme prevista. “É para evitar problemas futuros que estamos pedindo ao Executivo, através do órgão competente, que faça essa fiscalização”, completa.

Veja Também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.