Notícias de Caçador e Região

Vacina Janssen é capaz de neutralizar variante delta do novo coronavírus

A empresa Johnson & Johnson informou nesta sexta-feira (2) que sua vacina de dose única contra a Covid-19 é capaz de neutralizar a variante delta e fornecer proteção duradoura de maneira mais ampla.

A Johnson & Johnson, que produz a vacina da Janssen, disse em comunicado na quinta (1º) que receptores produziram fortes anticorpos neutralizantes ao longo de oito meses contra todas as variantes, incluindo a delta, identificada pela primeira vez na Índia e que tem se espalhado pelo mundo. As informações são do site info Money.

A variante delta deve ser a cepa dominante nos Estados Unidos nas próximas semanas, segundo os Centros de Controle e Prevenção de Doenças.

O imunizante da Johnson & Johnson fornece menor proteção que as vacinas de RNA mensageiro da Pfizer e Moderna. Especialistas avaliam se pessoas precisarão de doses de reforço para manter o novo coronavírus sob controle a longo prazo.

“Estamos extremamente felizes, na verdade, e confiantes de que não há necessidade de reforço no momento e que estamos protegidos contra diferentes cepas”, disse Johan Van Hoof, responsável global de doenças infecciosas e vacinas da J&J, em entrevista.

No prazo de 29 dias após a primeira dose, a vacina neutralizou a variante delta e a proteção se consolidou e melhorou com o tempo, segundo a farmacêutica.

Com dados recentes em mãos, Van Hoof disse que a J&J não acredita que imunizados precisem de doses de reforço no prazo de um ano após a vacinação. “E se um reforço for necessário”, disse, “não achamos que precisaremos mudar a formulação”.

Alguns fabricantes e cientistas têm elaborado versões atualizadas das vacinas para atingir justamente as novas variantes que se mostram mais contagiosas que o novo coronavírus original, detectado na China, em 2019.

Com informações ND Mais 

Veja Também

Comentários estão fechados.