Notícias de Caçador e Região

URGENTE: “Ele queria matar o máximo possível de pessoas”, diz delegado sobre Fabiano Kipper Mai

Na manhã desta sexta-feira (14), a Polícia Civil deu mais detalhes sobre o ataque à Escola Infantil Pró-Infância Aquarela, em Saudades, no Oeste de Santa Catarina. Conforme o delegado Jerônimo Marçal Ferreira, Fabiano Kipper Mai, de 18 anos, queria matar o máximo possível de pessoas. Ainda segundo o delegado, Fabiano agiu sozinho.

Na coletiva também foi informado que as investigações contaram com o apoio do Federal Bureau of Investigation (FBI) ou Departamento Federal de Investigação é uma unidade de polícia do Departamento de Justiça dos Estados Unidos.

Relembre o caso

Um jovem, de 18 anos, identificado como Fabiano Kipper Mai, entrou no Centro de Educação armado com um facão na manhã de terça-feira (4). Ele atacou professoras e crianças. Ao todo, cinco pessoas faleceram. Há, ainda, um bebê de um ano e nove meses, internado de forma estável em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Regional do Oeste (HRO), em Chapecó (SC).

Após o crime, segundo informações das forças de segurança que atuam no caso, o jovem tentou tirar a própria vida. Ele foi resgatado e encaminhado a uma unidade hospitalar de Pinhalzinho (SC). Devido a gravidade dos ferimentos, ele foi transferido ao HRO, onde passou por cirurgia. O ClicRDC organizou um resumo em ordem cronológica sobre o crime.

Com informações Clic RDC 

Veja Também

Comentários estão fechados.