Notícias de Caçador e Região

Uma das vítimas de ataque em igreja de Campinas era de Porto União

Cristofer Gonçalves dos Santos, de 38 anos, foi à primeira vítima do atirador que entrou na Catedral de Campinas na última terça-feira, 11, e fez mais de 20 disparos de pistola, deixando cinco mortos e três feridos.

O homem era natural da cidade de Porto União e estava morando na região de Campinas, no Estado de São Paulo, há cerca de quinze anos. Cristofer trabalha como garçom. Segundo um primo, ele visitava pouco a cidade natal.

De acordo com o jornal O Globo, a mãe e a irmã de Cristofer ainda moram na cidade de Porto União e não conseguiram ir ao sepultamento na tarde dessa quarta-feira (12) no Cemitério dos Amarais, na cidade em que ocorreu a tragédia. A mulher do primo de Cristofer, Fernanda Ribeiro, disse que o homem não era religioso, mas que entrava na Catedral sempre que ia ao centro de Campinas. Ela informou que Cristofer não tinha mulher nem filhos.

Com informações Canal 4 TV

Veja Também

Comentários estão fechados.