Notícias de Caçador e Região

Um elevado para complicar o trânsito

Elevado

O Governo do Estado gastou quase R$ 30 milhões para construir uma nova travessia urbana em Caçador para que trouxesse agilidade ao trânsito tão crítico no entorno da cidade. Pelo contrário, mais complicações foram criadas, principalmente por causa do elevado do PET.

Quem quer sair do Martello fica quase meia hora esperando para poder entrar na rodovia. Já quem vem para o sentido Sesi também tem a passagem prejudicada e enfrenta enormes filas diariamente.

Ou seja, de nada adiantou fazer uma obra daquele tamanho porque o trânsito apenas piorou.

Travessia

A nova travessia urbana de Caçador voltou à pauta na sessão da Câmara Municipal depois de uma resposta medíocre do secretário de Infraestrutura, João Carlos Ecker, para requerimento do vereador Alencar Mendes que solicitava a devolução do trecho para a Prefeitura. Só assim, seria possível realizar melhorias, extremamente necessárias, no local.

A resposta afirmou que estas mudanças não podem ser feitas sem o aval do engenheiro que criou aquele elefante branco. Mudanças no local são urgentes antes que vidas se percam. Só que a preocupação do Governo do Estado é com o engenheiro que fez aquele projeto ridículo.

Enquanto um engenheiro desses continua com a bunda na cadeira, quem sofre é o motorista e o pedestre caçadorense e da região que precisa usar aquele local.

Travessia 1

Aliás, cadê o deputado Valdir Cobalchini, grande entusiasta daquela obra megalomaníaca? Até agora, não vimos nenhuma atitude dele para que as mudanças possam acontecer.

Travessia 2

Além do elevado, outro ponto crítico é aquele túnel ridículo para passagem de pedestres no bairro São Cristóvão. Ah, desculpe, de acordo com Colombo e Cobalchini, aquilo é o que de mais moderno existe hoje.

Rubinho

rubens barrichello
Palestra de Barrichello vai arrecadar fundos para o Maicé

Confirmado: Rubinho Barrichello estará em Caçador no dia 20 de novembro. Ele fará palestra em prol do hospital Maicé.

Abandono

O governador Raimundo Colombo abandonou de vez a região Meio Oeste de Santa Catarina. Prova disso está nas condições das estradas estaduais que passam por aqui. Não apenas em Caçador, mas aqueles que cortam os mais diversos municípios estão em situação caótica.

Na ligação da SC 350 com a BR 116, depois de Lebon Régis, buracos que podem guardar um carro dentro.

buraco
Buraco na SC 150 (Foto: Michel Teixeira)

Nas outras rodovias então, nem se fala. Um dos exemplos é a SC 150, entre Capinzal e Piratuba. Lá, os buracos também tomam conta da pista. Na SC 135, entre Caçador e Porto União também o caos tomou conta.

Já na SC 350, que liga à BR 153, de acordo com informações da SDR de Caçador, uma operação tapa-buracos está sendo realizada. Apenas nesta…

Abandono 1

Por sinal, o deputado Cobalchini, que deveria defender a nossa região e solicitar melhorias urgentes, está mais preocupado em percorrer o Estado fortalecendo o PMDB.

Falta de água

A Casan continua brincando com os caçadorenses. Deixou moradores do bairro dos Municípios sem uma gota de água nos canos por quase uma semana. Até a água armazenada nas caixas foi gasta e muitas pessoas não puderam ir à aula e até trabalhar por causa disso.

Veja Também
Comentários
Loading...