Notícias de Caçador e Região

Três pessoas são detidas suspeitas de envolvimento em roubo a armas no Oeste de SC

Três pessoas foram presas nesta sexta-feira (11), suspeitas de envolvimento em roubo a caminhão que transportava armas na sexta-feira (04). O roubo mobilizou um grande efetivo policial na SC-155, na comunidade do Passo das Antas, interior de Abelardo Luz, no Oeste de Santa Catarina. O caminhão, de Chapecó (SC) estava carregado de armas e munições. Os dois ocupantes foram presos em flagrante, por transporte irregular de material bélico.

Segundo o Delegado Marcelo Teske, de Abelardo Luz, em entrevista a ND TV, três pessoas já foram presas e um dos envolvidos e auxiliar do motorista que fazia o transporte das armas. A operação foi realizada pela Polícia Civil em conjunto com a Polícia Militar de Chapecó, foram oito mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão temporária em relação ao roubo ocorrido na última sexta-feira.

“Nas investigações nós conseguimos identificar o veículo que foi utilizado na empreitada criminosa, sendo que hoje conseguimos realizar a prisão do proprietário do veículo que seria quem estaria utilizando o carro, e também a prisão do auxiliar do motorista, que após investigações ele foi apontado como participante do crime”, disse o delegado.
Um dos detidos se encontrava em saída temporária de sete dias do sistema penitenciário de Chapecó. O delegado informou que no dia do fato, o auxiliar do motorista pediu para que o motorista parasse o veículo para que ele pudesse urinar.

“Esse fato chamou a nossa atenção, nós conseguimos descobrir que esse funcionário estava na empresa a cerca de três meses. E no momento em que eles passavam por um local mais afastado, ele pediu ao motorista que encostasse para ele poder urinar e foi nesse momento que os criminosos abordaram o motorista e o auxiliar”, destacou.

De acordo com o delegado, a empresa que fazia o transporte das armas não era autorizada para esse tipo de transporte. As armas até o momento não foram apreendidas os envolvidos que foram detidos serão interrogados durante esta sexta-feira (11).

Com informações ND Mais 

Veja Também

Comentários estão fechados.