Notícias de Caçador e Região

Transferência de preso por matar mulher e filho bebê para SC é autorizada

A transferência de São Paulo para Santa Catarina do homem investigado pelos assassinatos da mulher de 23 anos e do filho bebê, de 3 meses, foi autorizada pela Justiça, informou o delegado Ronnie Esteves nesta segunda-feira (1º).

Preso em Paulínia (SP) desde o dia 27 de julho, Kelber Henrique Pereira, 28 anos, será levado para Blumenau, no Vale do Itajaí, cidade onde ocorreu o duplo homicídio, para ser ouvido pela polícia.

De acordo com o investigador, o deslocamento depende do Departamento de Polícia Penal (DPP). O órgão disse que uma equipe está pronta para o recambiamento desde que o homem foi preso em São Paulo e que informará quando ele chegar ao estado.

O suspeito do duplo assassinato teve a prisão temporária solicitada assim que a Polícia Civil iniciou as investigações. A reportagem tenta encontrar a defesa de Pereira, mas não havia conseguido contato até a última atualização deste reportagem.

O outro filho do casal, um menino de 1 ano e 10 meses, estava desaparecido, mas foi localizado em Minas Gerais com os avós paternos. A criança está bem, segundo informações da polícia. No fim de semana, ele foi entregue aos avós maternos.

As duas vítimas foram encontradas pela polícia com ferimentos na garganta e, segundo o delegado, havia uma faca com sangue no apartamento. A Polícia Civil aguarda laudos do Instituto Médico Legal (IML).

 

Com informações G1SC

Veja Também

Comentários estão fechados.