terça-feira , 17 janeiro 2017
Início / Colunas / Traição na eleição da Câmara de Rio das Antas por troca de cargos? – Por Rafael Seidel

Traição na eleição da Câmara de Rio das Antas por troca de cargos? – Por Rafael Seidel

Traição?

Uma traição pode ter acontecido na eleição para Presidência da Câmara de Rio das Antas. De acordo com as Fontes do Além, como o PMDB tinha 5 vereadores, em um Legislativo com apenas 9, estava tudo certo para que o presidente fosse do… não, não foi assim.

O pior de tudo foi que o problema aconteceu com o voto de um dos vereadores do próprio PMDB. Para proteger alguns cargos de seus “chegados” na Prefeitura, Rafael Vian trocou o voto e “optou” pela base aliada. Detalhe que o voto era aberto.

Por isso, o que todos esperavam (que o vereador Elias Antunes de Moraes, o tio Elias, fosse o presidente) acabou virando contra. Ademir Zanetti, Eliane da Silva Ledur e Tio Elias, do PMDB, e o aliado, Juarez Rodrigues, do PSB, votaram a favor de Tio Elias.

Só que, de acordo com as Fontes do Além, Vian fez um acerto exatamente com o pessoal da base aliada, em discussões que entraram madrugada adentro do dia 1º, quando aconteceu a eleição.

De acordo com outras Fontes do Além, o acerto foi exatamente para proteger 11 cargos dentro da Prefeitura do candidato a vice do próprio PMDB, Rodrigo Mozatto.

Aliás, o prefeito Ronaldo Loss venceu as eleições, dentre outros fatores, no de que o vice adversário não era bem visto na cidade. Agora, pelo acerto na Câmara, Loss deve manter os cargos dos familiares de Mozatto na Prefeitura, até contrariando a vontade do povo de Rio das Antas.

Traição 1

Por sinal, o presidente eleito, Valmir Rigo, do PP, que provavelmente está ainda comemorando uma virada histórica, foi cassado pela Justiça Eleitoral por compra de votos e está recorrendo.  Ou seja: Rio das Antas tem um presidente da Câmara cassado!

Traição 2

O PMDB, inclusive, deve pedir a expulsão de Vian por traição partidária.

Traição 3

E, de acordo com as Fontes do Além, existe mais um agravante pra cima de Vian. Mas isso é coisa para as próximas colunas.

E em Caçador?

Em Caçador, correu tudo dentro do esperado e Rubiano Schmitz foi eleito presidente da Câmara. Extremamente preparado, Rubiano vai assumir um cargo pelo qual almejou por muito tempo. O outro é o de prefeito e que, se conseguir se credenciar bem neste mandato, provavelmente será um dos nomes fortes para a disputa.

Em tempo

Fontes do Além, ligadas ao prefeito Ronaldo Loss, entraram em contato com a coluna para afirmar que não houve nenhum tipo de acordo para manutenção de cargos dentro da Prefeitura em troca do voto de Rafael Vian.

Além disso, de acordo com essas Fontes, a briga seria interna do PMDB e que nada tem a ver com a nova administração.

Sobre Rafael Seidel

Jornalista formado pela Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (Uniarp). Mestrando em Comunicação pela Universidad Europea del Atlántico (UNEATLANTICO). Atua no jornalismo há 13 anos, com passagens por jornais impressos e portais de notícias, além de assessorias de comunicação. Colunista político. Coordenador do curso de Jornalismo da Uniarp.

Veja também

Bandidos atiram contra casa de policial militar

A residência de um policial militar de Abelardo Luz foi atingida por dois disparos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *