Notícias de Caçador e Região

Temporais causam estragos em diversas cidades de SC e do RS

Temporais, que caíram na madrugada e manhã desta quinta-feira, 31, causaram estragos em diversas cidades de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul.

Em Lages, a Defesa Civil atendeu vários chamados de moradores espalhados por 11 bairros da cidade, com destelhamentos e queda de árvores.

Em Otacílio Costa e Bocaina do Sul foram registradas diversas quedas de árvores, bem como, destelhamentos. Milhares de residências estão sem energia elétrica.

Já em Capinzal e Ouro, o vento forte acompanhado de chuva começou por volta da 1h30 e provocou alguns destelhamentos em residências e danos em alguns estabelecimentos comerciais.

Capinzal – Foto; Rádio Capinzal

Parte da parede do ginásio de esportes do loteamento Parizotto também foi derrubada. Também houve danos em um posto de combustíveis, onde parte da faixada e do forro de pvc foram arrancadas durante o temporal. Ninguém se feriu.

Queda de árvores e galhos sobre a rede elétrica afetou o fornecimento de energia a diversas unidades consumidoras.

Em Campos Novos, um núcleo convectivo, com rajadas de vento de até 87 km/h causaram inúmeros estragos pela cidade. vários bairros foram atingidos.

Estragos foram registrados em Campos Novos

Agora, em Lagoa Vermelha, no RS, foram registrados os maiores estragos. O temporal, acompanhado de vento de até 130 km/h atingiu a cidade por mais de uma hora.

Temporal em Lagoa Vermelha – Foto: O Pioneiro

Os Bombeiros receberam mais de 50 chamados comunicando quedas de árvores e postes e destelhamento de casas. A cidade está sem energia elétrica. Apesar dos estragos, ainda não há informações sobre desabrigados na cidade.

Em Garibaldi, os bombeiros atenderam cerca de 10 chamados na madrugada envolvendo corte de árvores, queda de luz e destelhamentos. Em Vacaria, a equipe atendeu um chamado na madrugada para o corte de uma árvore que bloqueou parte da BR-116 no sentido Vacaria – Caxias.  A rodovia já foi liberada após o corte. Pelo menos, três casas foram destelhadas e as famílias precisaram de lonas. Em Bento Gonçalves, os Bombeiros atenderam seis chamados para cortes de árvores.

Veja Também

Comentários estão fechados.