Notícias de Caçador e Região

TEM: Praça adotada pela FIESC recebe as primeiras melhorias

A praça adotada pela Fiesc, localizada na rua Contestado, no loteamento Santo Antônio, no bairro Berger começou a receber os primeiros trabalhos. No sábado (27), alunos e professores do EJA Profissionalizante de Ensino médio do SESI e alunos e professores do SENAI, do curso de qualificação operador de máquinas para processos de industrialização da madeira iniciaram a organização do espaço, com instalação do balanço gigante, equipamentos de ginástica, além do plantio de grama e instalação da cerca.

Outras ações serão realizadas, como ornamentação da praça com flores, instalação de bancos, placas de identificação das plantas e ainda uma biblioteca comunitária.

O trabalho será desenvolvido durante um ano, e conta com a parceria da Prefeitura de Caçador.
Daniel Tenconi, gerente executivo SESI, SENAI e IEL explica que a ação de adoção da praça contempla o 3º pilar do Tratado para Excelência da Indústria Madeireira (TEM). “Que é a valorização da indústria madeireira. Nosso objetivo é envolver a comunidade no Tratado, mostrando que a madeira faz parte da vida das pessoas e que aqui em Caçador é a base importante da nossa economia”, relata.

O 1º vice-presidente da FIESC, Gilberto Seleme parabenizou as equipes de SESI e SENAI e os alunos que estarão na linha de frente deste trabalho na praça adotada. “Estamos mostrando na prática a importância do setor madeireiro para toda a comunidade”, comenta.

“Onde tem madeira tem vida, tem saúde, tem lazer. Nosso objetivo é mudar a visão do setor madeireiro e reforçar sua importância para todos”, declara Leonir Tesser, vice-presidente Regional da FIESC.
“Para o Sindicato da Madeira é uma alegria ver mais esta ação acontecendo. Durante um ano, teremos o trabalho e a dedicação das equipes de SESI e SENAI e podem contar com o apoio do Sindicato”, destaca Aurélio De Bortolo, presidente do Sindicato da Madeira e Caçador (SIMCA).

A ação integra também o programa Eu Voluntário da FIESC. O programa tem como propósito contribuir para o desenvolvimento social e econômico de Santa Catarina, conectando pessoas dispostas a ajudar às necessidades das comunidades onde o SESI e SENAI estão inseridos, através de uma rede de parceiros e voluntários.

Veja Também

Comentários estão fechados.