Início / Colunas / Telespectador de novela confunde época de dom Pedro com Cabral

Telespectador de novela confunde época de dom Pedro com Cabral

Depois de constatar que o brasileiro desconhece o que foi a Ditadura Militar (1964-1985) que ambienta Os Dias Eram Assim, a Globo tomou outro choque de realidade. As pesquisas sobre Novo Mundo revelaram que o telespectador médio da novela das seis não sabe direito quem foi dom Pedro 1° e confunde a história pré-Independência do Brasil, no século 19, com o descobrimento do país, protagonizado por Pedro Álvares Cabral 300 anos antes.

Profissionais que tiveram acesso aos grupos de discussão sobre a novela consideraram os resultados reveladores de uma “ignorância assustadora”. Para muitos telespectadores, Novo Mundo está sendo uma aula inédita: eles sequer sabiam que o Brasil foi colônia de Portugal.

Escrita pelos estreantes Thereza Falcão e Alessando Marson, Novo Mundo mistura personagens e fatos históricos com ficção e se passa entre 1808 e 1822, período em que a Família Real portuguesa se deslocou para o Brasil.

O dom Pedro de Caio Castro é baseado nos relatos sobre a vida do príncipe regente. Já o Joaquim de Chay Suede foi inspirado em Jack Sparrow (Johnny Depp), da franquia Piratas do Caribe.

O que levou os telespectadores a confundir a época do Descobrimento com a da Independência foram as primeiras cenas da novela, ambientadas em caravelas. Ao ver as embarcações, o noveleiro as associou à chegada dos portugueses, em 1500, mas não conseguiu distinguir que se tratava de outra época.

Para ampliar a compreensão do contexto histórico de Novo Mundo, a Globo irá produzir chamadas que explicam que a história se passa às vésperas da Independência do Brasil.

Diferentemente da história, os telespectadores mostraram domínio da trama de Novo Mundo. Nas pesquisas, ficou claro que o público sabe que a história central é a de Anna (Isabelle Drummond) e Joaquim, embora goste muito de dom Pedro e Leopoldina (Leticia Colin). Os sotaques, que eram mais acentuados no início da novela, também foram bem recebidos. Para o telespectador, ajudou a entender as diferentes nacionalidades dos personagens (brasileiros, portugueses e ingleses).

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Sobre Nada importante!

Veja também

Acadêmicos de Fisioterapia da Uniarp visitam Hospital Maicé

Acadêmicos da 1ª fase do curso de Fisioterapia da Uniarp vivenciaram momentos ímpares de aprendizagem …