Notícias de Caçador e Região

Sitrivest e Patronal não chegam a um acordo

O Sitrivest e o Sindicato Patronal não chegaram a um acordo nas rodadas de negociação que visam reajuste salarial e melhorias nas cláusulas sociais dos trabalhadores do vestuário, couro e calçado de Caçador. O último encontro entre os representantes sindicais aconteceu nesta semana.

Diante do impasse, uma rodada de negociação na Delegacia Regional do Trabalho deverá acontecer na próxima quarta-feira (18), em Lages. Permanecendo o desacordo, o Sitrivest pretende ajuizar o dissídio coletivo no Tribunal Regional do Trabalho, em Florianópolis, onde, neste caso, caberá a Justiça definir o valor do reajuste e os demais pedidos nas cláusulas sociais.  Além disso, nos próximos dias os trabalhadores serão chamados para assembleia, visando definir encaminhamentos.

Segundo o presidente do Sitrivest, Valmor de Paula, durante a última rodada de negociação o Sindicato Patronal ofereceu proposta inferior ao INPC – Índice Nacional de Preços ao Consumidor – cuja variação deve ficar próxima de 10% – a qual foi rejeitada pelos trabalhadores. “Com a rejeição, nos ofereceram ainda o INPC parcelado, sob a alegação de que não havia possibilidade de pagar de uma só vez. Esta tentativa também não foi aceita”, explica Valmor.

Vale ressaltar que além do INPC e melhorias nas cláusulas sociais, os trabalhadores reivindicam aumento real de 10%.  A data base da categoria é 1º de novembro.

Veja Também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.