Notícias de Caçador e Região

VÍDEO: Seminário de Direitos Humanos e Polícia Judiciária inicia com sucesso

O II seminário de Direitos Humanos e Polícia Judiciária teve início na noite desta terça-feira, 13, com grande sucesso de público. Nesta primeira noite de evento foram realizadas três palestras.

O palestrante David Queiroz, mestre em Ciências Criminais pela PUC/RS, abordou o tema “A Permeabilidade do Processo penal”.  “O objetivo é falar da interferência que o inquérito policial, ou qualquer tipo de investigação preliminar, acaba despertando ou influenciando na cabeça do juiz no momento do julgamento”, explicou.

Leonardo Marcondes Machado, mestre em Direito pela UFPR e também palestrante, falou sobre a “Investigação Criminal em tempos de espetáculo”. “A abordagem pretende colocar em xeque o atual momento que nós vivemos de grandes operações e, por vezes, de flexibilização ou violação de direitos fundamentais e o que nós podemos fazer em termos de investigação criminal respeitando garantias fundamentais.

Para o delegado da Polícia Civil, Fabiano Locatelli o seminário é uma excelente oportunidade de aprendizado.“É um conhecimento a mais de assuntos atuais e bastante importantes. Certamente o evento terá um grande brilho e trará muito conhecimento jurídico para todo o universo acadêmico da Uniarp”, destacou.

O delegado Marcelo Colaço enalteceu a importância da realização de eventos como esse.  “É um ganho muito grande do ponto de vista jurídico e, como o próprio tema nos diz, do ponto de vista dos direitos humanos”, acrescentou.

Para Carlos Evandro Luz, ex-delegado homenageado, a constante busca pelo conhecimento na área do direito é imprescindível. “O tema é vasto, é importante, é atual, assim como o direito. Sensível, efervescente, inquieto, mutável, por isso a todo instante. É necessário por isso que as pessoas busquem conhecimento cotidianamente, aperfeiçoando-se de modo a acompanhar a própria evolução da sociedade e, por conseguinte, do direito”, completou.

O evento segue na noite desta quarta-feira, 14, com mais três palestras.

Veja Também

Comentários estão fechados.