Notícias de Caçador e Região

Sem CNH, mulher oferece serviços sexuais para se livrar de multa

Na madrugada desta segunda-feira, 16, policiais militares foram chamados em um bar localizado na BR 280, onde teria ocorrido um furto.

Os policiais conversaram com a proprietária do estabelecimento que informou que saiu do local, quando retornou percebeu que o bar estava revirado e sentiu a falta de um litro de bebida destilada. Ao questionar suas funcionárias sobre o fato, elas assumiram que pegaram o litro sem a sua autorização. Em seguida, ela acionou a Polícia Militar.

As mulheres afirmaram serem as autoras do furto e que haviam consumido a bebida. Elas foram encaminhadas a Delegacia.

A proprietária do estabelecimento se deslocou até a Delegacia em um veículo GM Ônix. Chegando no local, ela foi questionada sobre a documentação do veículo e se possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Ela afirmou que o veículo estava com os documentos em dia, mas que ela não possuía CNH. Os policiais informaram a mulher dos trâmites legais a serem realizados de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

A fim de resolver a situação, a mulher ofereceu vantagem financeira e sexual a um dos policiais.

Sendo assim o policial militar deu voz de prisão a ela pelo crime de corrupção ativa.

Com informações JMais 

 

Veja Também
Comentários
Loading...