Notícias de Caçador e Região

Seis pessoas morrem em casa de repouso ‘clandestina’ em SP

Seis pessoas morreram em um incêndio que atingiu uma casa de repouso em São Mateus, na Zona Leste da capital, no último sábado, dia 10. Outras duas vítimas ficaram feridas, incluindo uma idosa 103 anos.

As chamas começaram durante a madrugada, mas os bombeiros só foram acionados por volta das 7 horas, quando já não havia mais fogo.

Segundo a Prefeitura de São Paulo, o local não tinha licença de funcionamento sanitário e a casa de repouso já havia sido inclusive interditada pela Secretaria da Saúde duas vezes quando funcionava em endereços diferentes.

“O novo endereço em que foi instalada […] é clandestino e não tem licença de funcionamento sanitário, nem pedido aberto na Subprefeitura para funcionar como Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI)”, diz a Prefeitura em nota.

Para a polícia, a principal hipótese é que o incêndio tenha começado com um curto-circuito. Morreram no incêndio os idosos Arturo Loureiro Perez, Luciane Avelina Chaves, Terezinha Barbosa Ribeiro, Sônia Pinho Silva e Adelson Alexandre Gino, além da cuidadora Adriana Santos Souza, que completaria 40 anos no final do mês.

As duas vítimas que sobreviveram são uma idosa de 103 anos e outra de 74. Elas estão internadas no Hospital de São Mateus.

“Acredito que eles tenham sido pegos de surpresa, talvez estivessem dormindo e quando acordaram não tiveram tempo hábil de pedir socorro, principalmente por causa da fumaça”, disse a delegada Juliana Barbosa Menezes em reportagem publicada pelo g1.

“A Defesa Civil constatou que o incêndio se concentrou em um dos cômodos, causando danos na laje, que apresenta abaulamento (expansão). Os demais cômodos não apresentaram danos estruturais. O local foi parcialmente interditado”, completa nota da Prefeitura.

Com informações Oeste Mais 

Veja Também

Comentários estão fechados.