Notícias de Caçador e Região

Segundo paciente com varíola dos macacos em SC é um caminhoneiro que esteve em Minas Gerais

O morador do município de Leoberto Leal, segundo caso confirmado de varíola dos macacos em Santa Catarina, é um caminhoneiro de 31 anos que esteve em viagem para Minas Gerais e começou a sentir os sintomas ao retornar para o Estado. O caso foi confirmado no último sábado (16).

De acordo com a secretaria de Saúde do município, quando voltou de viagem, o homem não chegou a voltar para Leoberto Leal e teria ido direto para a casa dos pais, moradores de Florianópolis.

“Nesse período, sua esposa saiu de Leoberto Leal e foi ao encontro dele em Florianópolis, onde o levou ao hospital Nereu Ramos para receber atendimento. Após alguns dias internados deu-se a confirmação da doença por resultado de exames”.

O paciente apresentou febre e lesões pustulosas na cabeça, pescoço e membros superiores no dia 06 de julho. A secretaria de Saúde de Leoberto Leal informou ainda que o paciente segue internado, mas apresenta ótima recuperação e que seus familiares estão em Florianópolis em isolamento.

O caso é acompanhado pelas vigilâncias epidemiológicas do município e do Estado.

Casos em Santa Catarina

Até a noite de terça-feira (19), o Estado havia registrado 14 notificações de casos suspeitos de varíola dos macacos. Destes, oito foram descartados; quatro estão em investigação; e dois foram confirmados.

O primeiro caso confirmado foi em Florianópolis: um homem de 40 anos, morador de São Paulo. Ele teve passagem recente pela Espanha. Depois disso, passou alguns dias em Florianópolis, mas, de acordo com a Secretaria de Saúde do Estado, o homem já recebeu alta e já voltou para São Paulo.

Com informações ND Mais

 

Veja Também

Comentários estão fechados.