Notícias de Caçador e Região

SC pede ao Ministério da Justiça que servidores da segurança sejam incluídos na 1ª fase da vacina contra Covid-19

O governo de Santa Catarina enviou um ofício nesta quinta-feira (10) ao Ministério da Justiça pedindo que agentes de segurança sejam incluídos na primeira fase de vacinação contra a Covid-19. Segundo o Plano Preliminar de Vacinação, esses profissionais estão na quarta fase.

Assinado pelo governador Carlos Moisés (PSL), o documento foi endereçado ao ministro André Mendonça, da pasta da Justiça. O G1 aguardava resposta do ministério até a publicação desta notícia.

Para a primeira fase, o governo federal incluiu trabalhadores da saúde, população idosa, pessoas que vivem em instituições de longa permanência e indígenas. Na quinta-feira (10), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou as regras para a autorização temporária de uso emergencial, em caráter experimental, da vacina.

Segundo o presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial de Santa Catarina, delegado-geral Paulo Koerich, a situação causa apreensão em razão das especificidades do trabalho desenvolvido pelos agentes. Segundo o chefe da pasta, em diversas situações, não é possível manter o distanciamento social seguro recomendado.

“Entendemos que o pedido faz todo sentido, pois os servidores da segurança pública estão incluídos entre aqueles que prestam serviço essenciais à população”, comentou Koerich.

Com informações G1 SC 

Veja Também

Comentários estão fechados.