SC é o 3º com mais denúncias de assédio eleitoral durante as Eleições 2022

Notícia Hoje

Notícia Hoje

As informações mais atualizadas de Santa Catarina, do Brasil e do Mundo!

Compartilhe

Santa Catarina registra 70 denúncias de assédio eleitoral durante as Eleições 2022, sendo o 3º Estado com o maior número de ocorrências, aponta o MPT (Ministério Público do Trabalho).

Entre as registradas no Estado, 60 são denúncias sem repetições. Minas Gerais lidera com 184 e o Paraná é o 2º com 83. Além disso, o Rio Grande do Sul é o 4º com 59 denúncias.

O Brasil registrou 706 denúncias, conforme levantamento desta quarta-feira (19). Deste total, 572 são de assédio eleitoral sem repetição.

Por conta disso, o MPT/SC (Ministério Público do Trabalho de Santa Catarina) e o TRT/SC (Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região) divulgação, na última terça-feira (18), uma nota conjunta alertando empregadores e empregados sobre a ilegalidade de práticas de assédio eleitoral.

O texto é assinado pelo procurador-chefe em exercício do MPT/SC, Piero Menegazzi e pelo vice-presidente do tribunal, desembargador Wanderley Godoy Júnior.

“Ameaças a empregados para que votem ou deixem de votar em qualquer candidato(a), bem como para que participem de manifestações político-partidárias, podem configurar assédio eleitoral e abuso do poder econômico pelo empregador, gerando a responsabilização, na esfera trabalhista, dos envolvidos”, diz trecho da nota.

Além disso, o texto destaca que conceder ou prometer benefícios e vantagens em troca do voto, bem como usar violência ou coação para influenciar o voto configuram crimes eleitorais.

Com informações ND Mais 

Receba notícias, diariamente.

Salve nosso número e mande um OK.

Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp