Notícias de Caçador e Região

SC dispensa obrigatoriedade de tomografia para receitar remédios em casos leves de Covid-19

O governo do estado atualizou a nota técnica que estabelece diretrizes para o tratamento de casos leves da Covid-19 em Santa Catarina. Agora, o médico pode receitar o remédio sem ter o resultado de um exame de tomografia nos pulmões, como mostrou o NSC Notícias de segunda-feira, dia 9.

Antes, para prescrever medicamentos como cloroquina, hidroxicloroquina, azitromicina entre outros, para casos leves de coronavírus, a nota técnica do estado estabelecia que o paciente precisava fazer uma tomografia nos pulmões e o médico só poderia receitar o remédio após o resultado desse exame.

A eficácia desses remédios ainda está sendo estudada e não há consenso sobre eles entre a comunidade científica. Dois estudos publicados pela revista “Nature” apontaram que a cloroquina e a hidroxicloroquina não são úteis no tratamento da Covid-19. A própria nota técnica traz no texto que a única estratégia reconhecida até o momento para prevenir a infecção é evitar a exposição ao vírus.

A atualização da nota técnica traz que, apesar de a Secretaria de Estado da Saúde não adotar nenhum protocolo de uso desses medicamentos como política pública, entende que a prescrição de todo e qualquer medicamento é prerrogativa médica. Ou seja, dá mais autonomia aos médicos para decidirem.

Essa mudança foi uma determinação da governadora em exercício, Daniela Reinehr (sem partido), e atende ao posicionamento da Associação Catarinense de Medicina, que sempre defendeu o tratamento precoce da doença. A governadora divulgou a atualização da nota técnica em uma rede social no sábado, dia 7.

Santa Catarina tem 275.655 casos confirmados de coronavírus, com 3.231 mortes, divulgou o governo do estado em boletim na segunda-feira.

Com informações do G1 SC

Veja Também

Comentários estão fechados.