Notícias de Caçador e Região

SC avança na vacinação com 56 mil doses em 48h, mas, somente 1,7% estão imunizados

Os dados desta quarta-feira (24) apontam um total de 56,8 mil doses aplicadas nas últimas 48h em Santa Catarina, deixando um total de 122 mil catarinenses totalmente imunizados, 1,71% da população, apesar do avanço na vacinação.

Isso, considerando os que já tomaram a segunda dose da vacina da Covid-19, sendo que mais de 449 mil catarinenses já tomaram a primeira dose.

Apesar de não abranger 2% da população, os últimos dados refletem uma aceleração na vacinação em Santa Catarina, motivada, em partes, pelo recebimento de novas remessas do Ministério da Saúde.

Um mutirão de vacinação foi feito no último fim de semana, resultando em 87 mil doses aplicadas nos dois dias, sendo 76 mil da primeira dose, recorde até então.

“Esses números mostram que os municípios estão respondendo positivamente ao nosso pedido para que a vacinação fosse intensificada. Aguardamos agora o recebimento de novas doses para que possamos ampliar ainda mais a campanha de vacinação, explica João Augusto Brancher Fuck, diretor da DIVE/SC (Diretoria de Vigilância Epidemiológica).

O estoque de vacinas cresceu para possibilitar a operação, já que na sexta (19) um lote de 73,7 mil vacinas chegaram em solo catarinense. Tratavam-se de doses da CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan, compondo um arsenal dedicado a primeira dose ou aplicação.

Na segunda (22), foram 146,7 mil doses sendo distribuídas para as unidades de vacinação regionais, que repassam as vacinas aos municípios.

São 141 mil doses da CoronaVac e 5,7 mil da Astrazeneca. A maior parte das doses da AstraZeneca/Fiocruz serão destinadas à vacinação de um novo grupo prioritário, o dos povos e comunidades tradicionais ribeirinhas e quilombolas.

Se fragmentarmos os grupos de prioridade, são 42% dos trabalhadores da saúde que já foram totalmente imunizados, praticamente todos os idosos em instituições de longa permanência, e mais de 60% dos indígenas e dos idosos com 90 anos ou mais.

O Estado já recebeu 877 mil doses de vacinas até então, sendo a primeira remessa a maior de todas, com 144 mil doses recebidas em 18 de janeiro.

Todas as doses recebidas até então foram ou do Instituto Butantan – CoronaVac ou da Oxford – AstraZeneca.

Regionalmente, a Grande Florianópolis foi a região que mais vacinou, seguida pelo entorno de Blumenau.

Aplicação de vacina por região:

  • Araranguá: 17.190 doses (14.610 da primeira e 2.580 da segunda)
  • Blumenau: 60.738 doses (42.666 da primeira e 18.072 da segunda)
  • Chapecó: 45.220 doses (35.416 da primeira e 9.804 da segunda)
  • Concórdia: 12.089 doses (9.930 da primeira e 2.159 da segunda)
  • Criciúma: 32.250 doses (26.378 da primeira e 5.872 da segunda)
  • Grande Florianópolis: 117.040 doses (89.030 da primeira e 28.010 da segunda)
  • Itajaí: 45.736 doses (35.854 da primeira e 9.882 da segunda)
  • Jaraguá do Sul: 11.251 doses (8.552 da primeira e 2.699 da segunda)
  • Joaçaba: 18.869 doses (15.647 da primeira e 3.222 da segunda)
  • Joinville: 48.022 doses (38.154 da primeira e 9.868 da segunda)
  • Lages: 18.650 doses (14.131 da primeira e 4.519 da segunda)
  • Mafra: 20.537 doses (16.497 da primeira e 4.040 da segunda)
  • Rio do Sul: 34.503 doses (29.580 da primeira e 4.923 da segunda)
  • São Miguel do Oeste: 19.393 doses (16.461 da primeira e 2.932 da segunda)
  • Tubarão: 31.469 doses (26.020 da primeira e 5.449 da segunda)
  • Videira: 20.396 doses (16.533 da primeira e 3.863 da segunda)
  • Xanxerê: 18.089 doses (13.488 da primeira e 4.641 da segunda)

Secretário de saúde discute vacinação e pede “doses e calendário mais claro”

O secretário de Saúde de Santa Catarina, André Motta Ribeiro, participa de uma reunião nesta quarta-feira (24), com o Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde), em Brasília, para discutir entre outras questões, a quantidade de doses e clareza no calendário de distribuição de vacinas contra Covid-19.

“Vamos falar sobre a necessidade de insumos e equipamentos. Assim como outros Estados, Santa Catarina também está questionando o quantitativo de doses e um calendário mais claro, além da logística de distribuição”, afirmou o secretário.

No domingo (21), o Ministério da Saúde recebeu 1.022.400 doses da vacina AstraZeneca/Oxford, pelo consórcio global Covax Facility. Segundo o superintendente da Dive (Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina), Eduardo Macário, até a manhã desta terça-feira (23), a logística de distribuição dessa remessa não havia sido informada pelo governo federal.

Com informações ND Mais 

Veja Também

Comentários estão fechados.