Notícias de Caçador e Região

SC atualiza medidas sanitárias para aulas nas escolas; veja o que mudou

Santa Catarina atualizou as medidas sanitárias para as aulas presenciais nas escolas do Estado a partir desta semana. Entre as medidas está a atualização do distanciamento entre alunos durante a alimentação para 1 metro em ambientes abertos, flexibilização para saídas de estudo, realização de eventos e atuação de projetos externos nas unidades.

O anúncio da medida foi feito pelo Comitê Estratégico de Retomada das Aulas Presenciais em Santa Catarina nesta quinta-feira (4).

A distância de 1 metro entre os alunos também deve ser garantida pelas escolas durante os movimentos de entrada e saída do refeitório. Segundo a SED (Secretaria de Estado da Educação), é de responsabilidade das unidades estabelecer um cronograma com horários de utilização para atender todos os estudantes.

Autorização para saídas de estudos

Outra atualização publicada na portaria é a autorização para que alunos realizem atividades fora da unidade escolar, seguindo critérios de segurança sanitária. Entre as normas exigidas durante a saída de estudos está a utilização de máscaras durante todo o período.

No caso de visitas em que seja necessário oferecer alimentação aos estudantes, devem ser cumpridas as normas listadas na nova portaria, enquanto a capacidade do veículo de transporte segue as regras estabelecidas no PlanCon Edu.

As escolas também são orientadas a evitar a dispersão dos alunos durante as saídas e restringir a circulação entre grupos diferentes.

Atividades e eventos dentro das escolas

A partir de agora, as escolas podem voltar a fazer comemorações, reuniões, feiras, apresentações teatrais e formaturas.

Para eventos com até 500 participantes, as unidades devem exigir a utilização de máscaras e evitar atividades que causem aglomerações. Já em eventos de grande porte, com mais de 500 participantes, será obrigatório o cumprimento do protocolo Evento Seguro, do governo de Santa Catarina.

Atuação de programas e projetos externos

Também houve a liberação para realização de projetos intersetoriais e atividades desenvolvidas por profissionais de fora da escola.

Os programas podem ocorrer de acordo com a necessidade da unidade escolar e com permissão da instituição mantenedora da escola, desde que os trabalhadores envolvidos estejam com a imunização completa contra a Covid-19 e que não aconteça mais de uma atividade simultaneamente na mesma turma.

Comitê de Retomada das Aulas Presenciais

Todas as medidas sanitárias para definição de grupos prioritários da vacinação e atendimento presencial das escolas são feitas em conjunto pelo Comitê Estratégico de Retomada das Aulas Presenciais, formado por 14 entidades. Além da SED, integram o grupo:

Secretaria de Estado da Saúde;

Defesa Civil de Santa Catarina;

Tribunal de Contas;

Ministério Público de Santa Catarina;

Comissão de Educação, Cultura e Desporto da Assembleia Legislativa de Santa Catarina;

Conselho Estadual de Educação;

Fundação Catarinense de Educação Especial;

União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação;

Federação Catarinense dos Municípios;

Sindicato das Escolas Particulares de Santa Catarina;

União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação;

Sindicato dos Trabalhadores em Instituições de Ensino Particular e Fundações Educacionais e Federação de Trabalhadores do Magistério.

Com informações ND Mais 

Veja Também

Comentários estão fechados.