Saúde de Caçador presta homenagem a Janete Lisboa Velasques

Notícia Hoje

Notícia Hoje

As informações mais atualizadas de Santa Catarina, do Brasil e do Mundo!

Compartilhe

Servidores da Secretaria Municipal de Saúde de Caçador prestaram homenagens a Janete Lisboa Velasques que faleceu na última sexta-feira, 02. A caçadorense era uma defensora do Sistema Único de Saúde e pelos anos de trabalho e amplo conhecimento na área era chamada carinhosamente de “Enciclopédia do SUS”.

A nota divulgada em nome ex-secretária Roselaine Périco, ex-diretores e coordenadores e servidores da Secretaria Municipal de Saúde, relata a dedicação de Janete a profissão e a saudade que deixa em seus colegas de trabalho.

“Nossa sempre colega de trabalho e amiga Janete Lisboa Velasques nos deixou.

Era uma pessoa carismática com personalidade marcante, típica de pessoas que assumem uma postura na vida, demonstram claramente suas ideias, seus objetivos e seus sentimentos. Foi um ser humano impossível de passar despercebido, despertava sentimentos fortes em todos seus relacionamentos e com isso marcou sua presença na vida de muitas pessoas. Muitas vezes decepcionou-se com a natureza humana, mas nunca desistiu de acreditar nela. Ensinou, propagou e lutou por uma política pública de saúde melhor.

Era cheia de energia, ativa e sempre demonstrou uma excepcional capacidade de tirar proveito de qualquer situação, por pior que ela fosse. Mesmo durante os períodos afastada para cuidar de sua saúde, não deixava de lado a paixão pelo SUS, e estava sempre se atualizando.

Nossa “enciclopédia da saúde”, como carinhosamente a chamávamos, tinha sempre pronta a resposta as nossas dúvidas, e nunca negava-se a ajudar, mesmo quando seu estado de saúde a deixava debilitada, estava pronta a atender e a contribuir.

Mulher guerreira enfrentou muitas adversidades na vida, mas nunca se deixou abater. Criou filhos maravilhosos, aos quais transmitiu seu grande patrimônio: os valores da vida. Sempre vitoriosa, tinha muito orgulho de tudo que construiu e conquistou em sua vida, mas era também suficientemente humilde para continuar constantemente aprendendo. A curiosidade a mantinha em estado de alerta captando tudo ao seu redor e colocando sua mente anos luz à frente de sua geração. Sua constante convivência, admiração e respeito as pessoas a mantinha atualizada. Mas não se continha apenas em saber. Precisava também passar adiante o que aprendia. Didaticamente e com muito entusiasmo sempre tinha novidades para contar, qualquer encontro com ela, por mais informal que fosse, acabava sendo rico de informações e ideias.

Era uma eterna professora e orientadora

Para muitos a Janete, foi apenas a Janete da Vigilância Sanitária. Mas para todos nós, servidores da Secretaria de Saúde, e colegas de trabalho, você era a DONA JANETE. Profissional exemplar e de um conhecimento ímpar, de dar inveja a qualquer profissional na área da saúde.

Tenho certeza que deixou um legado de seguidores, plantou muitas sementes que continuarão seu trabalho aqui na Terra por uma infinidade de gerações e assim, continuará viva em nossos corações.

Nossa querida Janete escreveu a sua história e foi tão marcante e verdadeira que já está gravada nas páginas de nossos corações. Este o nosso maior legado, o legado jamais perecível, muito além de bens materiais que jamais levaremos quando chegar a nossa hora. A história que você escreveu Janete, jamais será esquecida.

Perdoe o nosso egoísmo querida Dona Janete, sabemos que o Céu está em festa por sua chegada, mas choramos por sua partida. Sabemos que o tempo que ficastes conosco, foi enriquecedor, mas queríamos mais. Teu sorriso e bondade farão muita falta. Felizes os anjos, que irão compartilhar sua companhia. Somos eternamente gratos por tudo que fizestes por nós!

Se a sua presença física já não é mais possível entre nós, é bom saber que todos os seus feitos e exemplos continuam vivos, como contribuição valorosa ao Município de Caçador.”

Nada na vida é tão certo quanto a morte, sem esta a vida não teria significado algum.

O amor faz perdurar a imagem ou a figura de quem cerrou os olhos para sempre.

Palavras do professor (Miguel Reale)

Receba notícias, diariamente.

Salve nosso número e mande um OK.

Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp