Notícias de Caçador e Região

Retomada total na energia em Santa Catarina pode demorar até domingo

Após 72 horas da formação do ciclone bomba em Santa Catarina, 156.680 unidades consumidoras continuavam sem energia até as 10h desta sexta-feira (3).

A região de Florianópolis segue como a mais afetada, com 50.598 unidades consumidoras ainda sem energia. Em seguida, aparece a região de Lages, com 34.960 imóveis com interrupções.

Os motivos para a demora, segundo a Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina), ocorre por causa da grande quantidade de unidades consumidoras em Florianópolis e a extensão da região de Lages.

Na tarde desta quinta-feira (2), moradores do bairro Monte Serrat, que fica na região central da Capital, fizeram um protesto pela falta de energia.

A Celesc informou que a energia já foi restabelecida em 95% das áreas atingidas. A previsão é de que os trabalhos para a normalização total continuem até domingo (5).

Conforme o órgão, a demora é por conta das regiões de difícil acesso e dos locais onde a rede terá que ser completamente reconstruída.

As equipes que concluíram os trabalhos no Sul do Estado foram encaminhadas para Florianópolis para auxiliar na recuperação do sistema.

Com informações ND Online

Veja Também

Comentários estão fechados.