Notícias de Caçador e Região

Programa Revitalizar: Obras continuam em várias partes da cidade

18

O Programa Revitalizar, da Prefeitura de Caçador, tem por objetivo deixar a cidade mais bonita, eficiente e promover a qualidade de vida dos moradores, além de atrair mais visitantes. Atuando em quinze frentes, o projeto vai melhor utilizar, renovar e transformar diversos pontos da cidade que estavam desgastados pelo tempo ou subestimado pelas administrações anteriores.

Atualmente, a Prefeitura já está atuando em seis destas frentes, sendo o trevo de saída para Rio das Antas, a rua Domingos Sorgatto, a Maria Fumaça, a Beira Rio Chaminé, os Quintais Sociais e o Skate Park.

Trevo de Rio das Antas e Domingos Sorgatto

Quem passa pelo trevo de Rio das Antas pode ver a movimentação de máquinas e algumas das melhorias. Os solavancos no asfalto foram resolvidos, após a Secretaria de Infraestrutura fazer uma nova camada de asfalto, que segue por toda a rua Domingos Sorgatto (ainda em obras).  A rótula está ficando mais moderna e segura, além de conter disso será instalado um monumento, que homenageará a história do município, deixando a cidade ainda mais acolhedora e bonita. Os três outros trevos de entrada, também, passarão pela revitalização.

A Domingos Sorgatto receberá a camada final de asfalto, além de nova sinalização, que garantirá mais segurança para motoristas e pedestres.

Maria Fumaça

A restauração do maior patrimônio histórico de Caçador, a Maria Fumaça, está sendo realizada pelo programa de governo “Adote um Bem”, onde parcerias com a iniciativa privada, entidades, associações e pessoas físicas, revitalizam espaços públicos abandonados ou ociosos.  Para este trabalho, diversos voluntários estão envolvidos. Um grande parceiro é o Sindicato da Indústria da Madeira de Caçador, que através do seu presidente e também diretor da empresa Frame, está produzindo e doando para o projeto réplicas das 52 janelas dos dois vagões, em conformidade com o projeto original, que foi solicitado ao DENIT pelo IPPUC. A Madeireira DM, Calhas Caçador, e os marceneiros, Juci Dalellaste e Edson Luiz Dalellaste, com material e mão de obra estão finalizando a restauração da cabine do maquinista. Também, seguindo a originalidade do projeto e mantendo a história caçadorense.

Beira-Rio Chaminé

A Beira-Rio Chaminé já está com mais da metade da distância do passeio concluída. A colocação de pavers vai facilitar a circulação de pedestres ao longo das ruas Victor Meirelles e Irmão Guido Gabriel. Inspirada na Beira-Rio da Aristiliano Ramos, o local receberá passeios, decks e iluminação.

Quintais Sociais

A partir de revitalização de construções abandonadas ou subutilizadas nos bairros, os Quintais Sociais são projetos inovadores que vêm para descentralizar os serviços de esporte, cultura e lazer, com o apoio das comunidades. No Quintal Social do loteamento Santa Clara, na Vila Santa Catarina, as obras estão em fase de conclusão e já há atividades sendo implantadas. Já no Santa Teresinha, a primeira fase do projeto já foi concluída. O quintal já conta com uma quadra de futebol e outra poliesportiva e deve receber novas construções.

O próximo projeto é no loteamento Ulisses Guimaraes (Mutirão), e irá ocupar uma área vazia ao lado da escola, com espaços para lazer e esportes, como quadra, mini basquete, pista de caminhada, mesa de jogos, atendendo assim todas as idades. Mas com um diferencial: Irá abrigar um Posto de Saúde para atender aquela região. E a partir do ano que vem, o bairro Alto Bonito também vai ser contemplado com um Quintal Social.

Skate Parque

O Skate Parque já está sendo construído na Praça da Concórdia.  Além da pista, o entorno vai complementar a vivacidade do lugar. A obra prevê iluminação, novos banheiros e um espaço para food truck, melhorando as condições de segurança e conforto para todo o público.

Conheça todas as obras do Programa Revitalizar

Mercado Público

Após reforma e adequação, a rodoviária de Caçador será um espaço de comércio, cultura e entretenimento. Composto de 14 box internos e, 4 externos com área coberta, abrigará as mais variadas opções. O programa prevê cafetarias, docerias, floricultura, casa de carnes, mercado express, bistrô, e muito mais… o projeto ainda trará uma rua coberta, com calçadão, para atividades de lazer, manifestações culturais, artísticas e eventos.

Estação Ferroviária

Através de uma utilização compartilhada, as oficinas culturais da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo já existentes serão unidas a outras associações, agentes culturais independentes, ou coletivos, para tornar este espaço vivo e acessível a toda comunidade. Para tanto, uma completa reforma permitirá novas oficinas e usos internos, contando também com a restauração da área externa e seu entorno, incluindo escadaria e pátio.

Armazém da Estação

A adequação desta edificação abrigará um laboratório gastronômico, com atividades de apoio à geração de emprego e renda, desenvolvendo produtos para valorizar e difundir a gastronomia da nossa cidade para toda a região. Através de parcerias com entidades do ramo e associações civis organizadas, o espaço será uma oportunidade para atividades de aprendizado e desenvolvimento de produtos gastronômicos.

Reurbanização bairro Martello

Este projeto foi concebido pensando em melhorias urbanas e em ofertar mais locais para lazer e convivência. O projeto prevê áreas com brinquedos, praça de food truck, passeios, rua fechada nos finais de semana, quadras e banheiros públicos, com bastante iluminação, garantindo assim mais uma opção de lazer para a comunidade.

Nova Rodoviária

Há muito se planeja a transferência da rodoviária atual em virtude da complexidade e do impacto viário que esta atividade gera no seu entorno. Por isso, no local onde funcionava o antigo restaurante O Monge será instalada a nova rodoviária. A reforma será realizada pelo grupo Superpão, que adquiriu aquele imóvel.

José Boiteux

A nossa primeira rua de comércio também não podia ficar de fora. O projeto prevê a melhoria dos passeios que deverão ser padronizados, e da implementação de mobiliário urbano complementar, executado com mão de obra de servidores da Secretaria de Infraestrutura, assim como ocorreu na revitalização da Ponte do Amor, garantindo assim um projeto bonito e econômico.

Este projeto aposta em facilitar e aumentar a circulação de pedestres na rua, dando mais visibilidade ao comércio e humanizando esta histórica via de Caçador.

Beira Rio 1

A revitalização da Avenida Aristiliano Ramos ultrapassa se estende agora para Feira do Produtor Rural, até se ligar ao Parque Central, passando pelas ruas Gualberto Ramalho e Luís Simas.

Passarela

Para ligar o Parque Central com os equipamentos públicos do outro lado do rio, como a Feira do Produtor Rural, foi projetada uma passarela para uso compartilhado de pedestres e ciclistas.

Feira do Produtor Rural

A Feira do Produtor Rural merece uma revitalização completa. A obra prevê uma nova cobertura, mais ampla e moderna, para poder abrigar tanto o produtor, como o consumidor com conforto e segurança.

Receberá ainda nova iluminação, câmeras de segurança, pontos de infraestrutura como pias nas bancas e novos banheiros públicos. Serão construídos ainda pontos de convivência com bancos e vegetação para descanso.

Alargamento da ponte da Rodoviária

Nos projetos, está previsto ainda o alargamento do passeio da ponte Selso Veronese, na rótula da Praça da Concórdia. Proposto em estrutura metálica, irá atender de forma eficaz as necessidades de mobilidade, tão necessárias para o local.

Veja Também
Comentários
Loading...