Notícias de Caçador e Região

Professoras são condenadas por tortura no Oeste de SC

Duas professoras, de 42 e 38 anos, foram condenadas pelo crime de tortura, cometido em uma creche municipal de Abelardo Luz – Oeste de Santa Catarina – em 2016. Elas devem ter reclusão em regime aberto por dois anos e oito meses.

De acordo com o atual promotor de Justiça, Christopher Augusto Danieski, a denúncia foi feita por pais que observaram a mudança de comportamento dos filhos, como agressividade e recusa de ir para a escola.

O Ministério Público decretou que as três crianças citadas no processo eram ofendidas com palavras, agressões físicas e castigos – inclusive, as professoras teriam negado comida para eles. As crianças apresentavam hematomas pelo corpo, nos olhos, barriga e braços.

Além da reclusão, elas também foram condenadas com a perda da função pública, interdição pelo exercício do dobro da pena aplicada, além do pagamento das custas de despesas processuais.

Com informações Lance Notícias 

Veja Também

Comentários estão fechados.