Professor da UNIARP participa de evento na ONU

Notícia Hoje

Notícia Hoje

As informações mais atualizadas de Santa Catarina, do Brasil e do Mundo!

Compartilhe

O professor da UNIARP, Dr. Levi Hülse, coordenador do Mestrado Acadêmico em Desenvolvimento e Sociedade e docente do curso de Direito participou em Nova York (EUA) do High-Level Political Forum on Sustainable Development (HLPF), evento organizado pela ONU que é a principal plataforma de acompanhamento e revisão sobre ações dedicadas ao cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

O tema do evento neste ano foi: “Recuperar-se do coronavírus (COVID-19) enquanto avança na implementação completa da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável”.

De acordo com o professor Dr. Levi, a crise energética, de alimentos e a inflação está presente em todos países do mundo. “Os países devem trabalhar os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para contornar essa crise, cuidando das pessoas, da água e fomentando a agricultura de pequenos produtores que são responsáveis no Brasil por 70% da produção de alimento”, relatou, avaliando sua participação no evento como positiva e destacou que a experiência irá ser de grande valia para a condução de suas aulas.

O evento é o mais importante realizado pelas Nações Unidas em relação à revisão do progresso dos ODS. Foi no Brasil, durante a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), por meio de seu resultado “O Futuro que Queremos”, que se estabeleceu o Fórum Político sobre Desenvolvimento Sustentável (HLPF) em 2012.

Durante o evento, o Secretário-Geral da ONU, António Guterres, destacou a necessidade de enfrentar a crise alimentar, energética e financeira, afirmando que a produção de alimentos da Ucrânia e os alimentos e fertilizantes produzidos pela Rússia devem ser trazidos de volta aos mercados mundiais, apesar da guerra em curso.

Abdulla Shahid, presidente da Assembleia Geral, pediu maiores investimentos em áreas como proteção social, redução da pobreza e ação climática, além de capacitar os jovens como “agentes de uma transformação sustentável”. Os países também devem aprender com a pandemia, principalmente onde os sistemas e políticas se mostraram disfuncionais. “Vimos países e comunidades se unirem para encontrar soluções comuns para desafios comuns. Devemos construir isso de todas as maneiras que pudermos”, disse ele.

Os palestrantes também abordaram as contribuições de processos multilaterais, como a 26ª reunião da Conferência das Partes (COP) da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima, a recém-concluída Conferência dos Oceanos da ONU e a próxima COP 15 da Convenção sobre Diversidade Biológica, com apelos aos governos para que cumpram os seus compromissos.

Receba notícias, diariamente.

Salve nosso número e mande um OK.

Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp