Notícias de Caçador e Região

Policial, ferido no assalto em Criciúma, é reformado por incapacidade física

O policial militar de Tubarão, Jeferson Luiz Esmeraldino, de 32 anos, continua em tratamento domiciliar. Ele foi baleado com um tiro de fuzil no abdômen no final da noite de 30 de novembro do ano passado, durante confronto com criminosos que assaltaram o Banco do Brasil, em Criciúma.

O policial ficou um pouco mais de dois meses internado e agora se recupera em casa, em Tubarão. Está acamado e sem movimentos, sendo cuidado pelos pais. Recentemente ele realizou uma punção para tratamento de hidrocefalia, conforme recomendação do seu neurologista. Segundo o boletim médico, não foi observado melhora cognitiva. “O paciente ganhou peso, segue acamado e está se recuperando de uma possível infecção respiratória, em uso de antibiótico e com bom prognóstico.”

Diante da situação, o comandante da 6ª RPM de Criciúma, Evandro de Andrade Fraga, informou que o soldado foi reformado por incapacidade física. O militar reformado é aquele que está, definitivamente, aposentado ou afastado do serviço.

O soldado recebe a atenção de vários profissionais para o seu tratamento. São técnicos de enfermagem 24h, fisioterapia duas vezes ao dia, fonoaudiólogo uma vez ao dia, terapeuta ocupacional três vezes na semana e nutricionista duas vezes ao mês.

Com informações Folha Regional Web TV

Veja Também

Comentários estão fechados.