Notícias de Caçador e Região

Polícia prende suspeito de matar empresário do ramo odontológico em confraternização em SC

A Polícia Civil de Faxinal dos Guedes prendeu o suspeito de matar Hériclis Eduardo Coelli, de 25 anos. O crime ocorreu durante uma festa de confraternização, que ocorria na noite de sábado (17), no município. O suspeito é um jovem de 19 anos, no dia ele teria fugido do local.

Conforme o Delegado Wesley Costa, responsável pelo caso, o fato ocorreu durante uma confraternização entre duas empresas do ramo odontológico, quando ouve um desentendimento entre os membros de empresas diferentes. Durante a discussão, o jovem de 19 anos desferiu um golpe de faca no peito da vítima que morreu no local.

Após a expedição do mandado de prisão, os agentes de Polícia Civil fora, até a casa do investigado e efetuaram a prisão e encaminharam para o presídio de Xanxerê, ficando à disposição do Poder Judiciário.

Relembre o caso

Hériclis Eduardo Coelli, de 25 anos, foi morto durante uma festa de confraternização, que ocorria na noite de sábado (17), em Faxinal dos Guedes/SC. O suspeito de 19 anos fugiu do local.

A confusão teria iniciado com uma discussão entre os dois homens na confraternização de uma empresa odontológica, segundo a Polícia Militar. A festa ocorria em uma sede particular.

Hériclis acabou sendo agredido com apenas um golpe de faca no tórax e morreu antes da chegada do socorro, por volta das 22h30. O corpo foi removido pela equipe de perícia.

O suspeito, que possui passagens policiais, fugiu logo depois do crime. A motivação do crime ainda está sendo investigada pela Polícia Civil.

Hericlis era sócio proprietário de uma clínica odontologia de Nonoai, no Rio Grande do Sul. Nas redes sociais, amigos e familiares se despediram do jovem.

“Quem conhecia o Heri sabia que ele não era de se meter em confusão ou de fazer mal a alguém. Ele não merecia ter a vida tirada desta maneira”, escreveu na web irmã do jovem, Danieli Cesa Poggere.

Ela também pediu justiça. “Estamos angustiados e com medo de que esta pessoa que tirou a vida dele não seja preso e não pague pelo mal que causou na nossa família. Diante de tanta dor só queremos que a justiça seja feita. Esse é nosso único pedido”.

Com informações ND Mais 

Veja Também

Comentários estão fechados.