Notícias de Caçador e Região

Polícia prende no PR suspeito de matar comerciante após discussão por uso de máscara em SC

A Polícia Civil informou nesta sexta-feira (26) que prendeu o suspeito de matar o comerciante Daniel Pereira dos Santos, de 24 anos, em Itapema, no Litoral Norte. Segundo as investigações, o jovem foi assassinado em frente ao mercado em que trabalhava após pedir para o homem e outras duas pessoas usarem a máscara de proteção contra a Covid-19 e não se aglomerarem em frente ao local.

O caso ocorreu na noite de segunda-feira (22). Segundo a polícia, o homem preso tem 38 anos e foi encontrado no fim da noite de quinta-feira (25) na cidade de Arapongas, no Paraná. Outros dois envolvidos no crime seguem foragidos.

A operação contou com apoio da Polícia Civil paranaense e da 7° Companhia da Polícia Militar. O suspeito será transferido para a Delegacia de Polícia de Itapema para os procedimentos legais.

O crime

De acordo com Diogo Medeiros, delegado responsável pelo caso, o desentendimento sobre o uso do item de segurança ocorreu no período da tarde de segunda.

Antes do crime, três pessoas foram até o estabelecimento e compraram bebidas alcoólicas. Elas teriam tentado entrar sem o equipamento de proteção, mas foram orientados pelo filho do dono do estabelecimento sobre o cumprimento das medidas sanitárias contra a propagação do coronavírus.

Ainda conforme o delegado, após a compra dos itens, o grupo ficou em frente ao comércio bebendo. O dono do local e o filho reclamaram da conduta dos homens por conta da aglomeração. Nesse momento, uma discussão teve início.

“Um dos indivíduos desferiu uma latada de cerveja no rosto do rapaz. Mais tarde, provavelmente um dos indivíduos, voltou e desferiu quatro tiros contra o filho”, afirmou o delegado..

A PM foi acionada por volta das 19h e seguiu para o bairro Alto São Bento. Os bombeiros também prestaram atendimento e quando chegaram ao local, o jovem estava caído na calçada e inconsciente. Ele chegou a ser encaminhado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

 

Com informações G1SC

 

Veja Também

Comentários estão fechados.