Notícias de Caçador e Região

Polícia Federal cumpre mandado de busca e apreensão de documentos na Prefeitura de General Carneiro

109

Os escândalos envolvendo a cidade de General Carneiro parecem não ter fim. Na manhã desta quarta-feira, dia 24 de abril, a Prefeitura precisou abrir as portas do prédio para a entrada da Polícia Federal que realiza o cumprimento de um mandado de busca e apreensão.

Os policiais federais cumpriram o mandado de busca e apreensão expedido pela 1ª Vara Federal de União da Vitória, o qual solicita a apreensão de documentos de processos licitatórios ligados a empresas que prestaram serviços na gestão de 2005 a 2008.

Os documentos em questão são relacionados a compras diretas realizadas com as empresas Madsul Madeiras Ltda, Nova Era e Janete Weber, e visam esclarecer se as mesmas foram pagar com recursos federais, bem como doação de imóveis à particulares em desacordo com lei orgânica do município e sem contabilização do controle patrimonial do município. Além disso, procedimentos licitatórios, falta de especificações de objetos e falta de projeto básico de obras. Também o pagamento a Santa Casa do município e compra de combustível acima dos valores previstos no controle.

ssas documentações já haviam passado por auditoria no ano de 2009 e também já passaram por averiguação do Ministério Público do Paraná. Embora os acontecimentos atuais envolvendo a administração municipal, a presença da Polícia Federal só trata daquele caso em questão.

A reportagem do Canal 4 TV entrou em contato com o ex-prefeito de General Carneiro, Joares Martins Ferreira, o qual disse estar surpreso com a notícia. “Na época, foram averiguadas todas essas documentações e não tenho nada a temer e nem esconder”, disse ele, que completou, “quando entrei na prefeitura eu tinha certo patrimônio e hoje não tenho nem a metade do que tinha antes. Se tivesse roubado algo não seria assim, hoje não tenho nem um carro bom para andar“, ressaltou.

O ex-prefeito considerou tudo uma manobra política. “Acredito que isso tem um viés político. Acham que eu vou ser candidato e tem que me tirar do páreo” apontou ele que ainda disse, “a população me conhece, sabe quem sou, sempre procurei ajudar as pessoas, fazer o melhor pelo meu município”, falou.

Para Joares, esse episódio não pode servir como cortina para a situação atual da Administração e lembrou-se do seu trabalho como administrador. “Tenho orgulho do mandato que fiz, das obras que executamos, do atendimento que dei para a população. Não faltavam remédios, não faltavam médicos, não faltavam cestas básicas. Nós fazíamos as coisas pelo povo de General Carneiro”, recordou ele, que completou, “acho que quem entrou depois não conseguiu fazer pelo município o que fizemos, ficou inconformado e até hoje ficam tentando denegrir a minha imagem“, lamentou.

Por fim, o ex-prefeito ainda reforço que está a disposição das autoridades para esclarecer quaisquer assuntos relacionados a sua gestão. Até o final da manhã desta quarta-feira, a Administração atual da cidade de General Carneiro não havia se pronunciado sobre o assunto.

Com informações Canal 4 TV

Veja Também
Comentários
Loading...