Notícias de Caçador e Região

Polícia Civil soluciona 82% dos casos de homicídio e 84% dos casos de roubos, em Caçador

A Polícia Civil de Santa Catarina, por intermédio da Divisão de Investigações Criminais (DIC) de Caçador, solucionou 82% dos crimes de homicídios investigados na cidade no ano de 2022. Os números estão acima da média nacional e estadual que são de 37% e 78%, respectivamente (fonte: https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2022/08/03/brasil-esclarece-so-37-dos-homicidios-e-n-de-crimes-resolvidos-cai-diz-estudo.htm ). As investigações prenderam cinco pessoas pelos homicídios praticados.

Atualmente há apenas um homicídio em investigação na delegacia especializada, crime que ocorreu na última segunda feira (26).

Quando os crimes praticados foram os de roubo, 13 casos ficaram aos cuidados da DIC-Caçador no ano de 2022, e desses, 11 já tiveram a autoria identificada (mais de 84% de esclarecimento), sendo que foram presos, em razão das investigações da Polícia Civil, o total de sete pessoas nesses casos investigados.

Vale ressaltar que os números acima são referentes às investigações que ficaram a cargo da delegacia especializada da polícia civil.

Dentre as operações no ano de 2022, destaca-se aquela realizada em conjunto entre a DIC e a Delegacia de Polícia da Comarca de Caçador, que culminou na prisão de duas pessoas e apreensão de uma adolescente após sequestrarem a esposa de um empresário da cidade, naquela oportunidade os policiais civis prenderam em flagrante os acusados, conseguiram encontrar a vítima sem lesões e recuperaram o carro subtraído. Os suspeitos exigiram R$200.000,00 para liberar a vítima, mas nenhum valor foi pago em razão da rápida atuação investigativa.

Outro caso de destaque foi a operação “escamoteio” que apura crimes contra a administração pública no CASEP de Caçador em que a dirigente do local foi afastada de suas funções após pedido da polícia civil. Essa investigação deve se encerrar nos próximos dias.

As porcentagens acima são fruto da análise dos dados e números constantes no sistema integrado de segurança pública (SISP) e da plataforma Boa-Vista gestão do centro de informática e automação do estado de Santa Catarina (CIASC).

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da DIC-Caçador, agradece o apoio da população caçadorense que colaborou com diversas investigações através de denúncias no número (49)3561-6477.

Veja Também

Comentários estão fechados.