Notícias de Caçador e Região

Polícia Civil indicia 13 pessoas por envolvimento em Fake News contra prefeito e outras pessoas, em Concórdia

A Polícia Civil de Concórdia, através do Setor de Investigações e Capturas da Delegacia de Polícia da Comarca (SIC), concluiu Inquérito Policial relativo ao compartilhamento de Fake News envolvendo o prefeito municipal de Concórdia, Rogério Pacheco, e outras pessoas como vítimas. O procedimento foi instaurado no mês de maio, diante do pedido das pessoas ofendidas e já foi remetido ao Poder Judiciário de Concórdia dentro do prazo legal.

A Polícia também está próxima de chegar ao criador da Fake News e algumas testemunhas estão sendo ouvidas. Diversas pessoas que compartilharam o conteúdo em redes sociais e aplicativos de mensagem foram identificadas e prestaram depoimento. Treze restaram indiciadas pelos delitos de calúnia, difamação e injúria, todos na forma majorada, pois foi praticado contra funcionário público e por meio que facilitou sua divulgação.

Este foi o primeiro caso de investigação sobre Fake News em Concórdia. O delegado Eduardo Boaretto, responsável pela investigação, ressaltou que todas as pessoas que compartilharam as inverdades contra os servidores públicos foram ouvidas e os responsáveis vão responder pelos crimes na Justiça.

No vídeo que gerou a investigação, a informação gravada diz que o prefeito teria superfaturado a obra e relaciona a sua amizade com empresários proprietários das empresas que venceram a concorrência pública.

Com informações Atual FM

Veja Também

Comentários estão fechados.