Polícia Civil elucida homicídio de um casal cometido em 2016, em Santa Cecília

Notícia Hoje

Notícia Hoje

As informações mais atualizadas de Santa Catarina, do Brasil e do Mundo!

Compartilhe

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal da 10ª Delegacia Regional de Caçador, cuja área de atribuição abrange a comarca de Santa Cecília, finalizou a investigação das mortes de Amadeus Alves Padilha e sua esposa Nerci Fabichaki, executados a tiros em sua chácara no dia 22 de junho de 2016, na Linha Faxinal dos Rocha, zona rural de Santa Cecília.

Após longa investigação, que envolveu quebra de sigilo telefônico, perícias e oitivas de testemunhas e interrogatórios, a Polícia colheu provas suficientes de que os executores dos homicídios foram A.P.C. e M.M., ambos residentes em Santa Cecília na época, hoje já presos por cometerem outros crimes.

A.P.C., que tinha sérias desavenças com Amadeus, motivo do crime, foi flagrado inclusive com um revólver furtado do veículo da vítima, após as execuções, dias depois do crime.

Na ocasião, as vítimas foram emboscadas em sua própria chácara, quando os autores os esperavam armados com um revólver e uma espingarda, recebendo-os a tiros a queima roupa, indo a óbito imediatamente.

As investigações foram coordenadas pela Divisão de Investigação Criminal e realizadas em conjunto com o Setor de Investigação da Delegacia de Santa Cecília, cujos agentes realizaram as principais diligências de campo em 2018 e 2019 e prestaram importante auxílio na elucidação do delito.

Ambos os autores foram indiciados e estão presos à disposição da Justiça e, sendo condenados ao final do processo, por serem reincidentes, suas penas podem ultrapassar 60 anos de prisão.

Receba notícias, diariamente.

Salve nosso número e mande um OK.

Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp