Notícias de Caçador e Região

Polícia Civil abre inquérito sobre criança atingida por tiro acidental

A Polícia Civil de Caçador instaurou um inquérito policial para apurar a responsabilidade da menina atingida na cabeça por um tiro acidental. A vítima foi alvejada durante a tarde deste domingo, 17, quando brincava com primos menores. Um idoso de 76 anos se identificou como proprietário da arma.

Segundo o delegado, Marcelo Colaço, o procedimento foi instaurado pela DPCAMI de Caçador. Pelas informações preliminares, foi verificada uma omissão de cautela, uma vez que o proprietário não teve cuidado em guardar a arma em local que as crianças não tivessem acesso.

A menina passou por uma cirurgia de emergência no Hospital Maicé e foi transferida para um hospital com UTI infantil.  

Veja Também

Comentários estão fechados.