Notícias de Caçador e Região

PM e Dittesc avaliam Operação Silêncio Padrão. Assista

Uma coletiva de imprensa foi realizada nesta segunda-feira (04) no Batalhão de Polícia Militar de Caçador para uma avaliação sobre a operação Silêncio Padrão que teve sua primeira ação no final de semana.

            Um total de 13 ocorrências foram registradas na Operação em vários bairros como Martello, Alto Bonito, Berger, Nossa Senhora Salete, Vila Kurtz, Reunidas e Centro. Em alguns casos, houve apreensão de aparelhos de som, tanto de carros quanto de residências.

            O coronel da Polícia Militar de Caçador Yukio Yamaguchi acompanhado do diretor do Departamento de Trânsito Transporte e Segurança de Caçador (Dittesc) Alex Atolini, destacaram o sucesso da Operação. Segundo eles, além dos vários órgãos envolvidos na ação, a população também colaborou da forma como foi possível.

            No entanto, a falta de identificação dos reclamantes ainda é um fator limitador para a Polícia Militar. “Temos como procedimento padrão respeitar o anonimato, mas sem a identificação o chamado deixa de ser prioridade. Em vários casos, mesmo sem a identificação dos reclamantes a PM foi até os locais e fez a orientação para tentar evitar novos problemas. Mas reitero, sem a identificação, ficamos amarrados”, comenta o Coronel Yamaguchi.

 

Operação vai continuar

A Operação Silêncio Padrão terá sequência com ações durante a semana e nos finais de semana com ações especiais da Polícia Militar. Outro ponto que será intensificado pelas autoridades policiais será o respeito à Lei Seca e aos limites de velocidade.

A PM junto com a Dittesc também fará um trabalho especial de fiscalização do transporte escolar no município.

 

Trotes continuam sendo problema

O Centro de Operações da Polícia Militar de Caçador está enfrentando um sério problema com relação a trotes, aplicados na maioria das vezes por crianças. Diante disso, a PM pede o auxílio da comunidade para evitar esta prática que pode comprometer seriamente o trabalho da PM e da segurança em Caçador.

 

Mais notícias de segurança>

LEIA MAIS
Beira-rio calada

 

Veja Também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.