Notícias de Caçador e Região

PM de Caçador orienta população quanto a venda de cigarros eletrônicos

Mesmo proibido no Brasil, os cigarros eletrônicos ainda são vendidos livremente. Pensando em combater esse problema e aumentar a fiscalização, o Ministério da Justiça publicou nesta quinta-feira, 1º, uma determinação para que 33 empresas suspendam a venda desses produtos em até 48 horas, sob pena de multa diária de R$ 5 mil.

Em Caçador, chegou ao conhecimento da Polícia Militar que algumas lojas estão vendendo cigarros eletrônicos. O órgão reforça que esse produto é proibido no Brasil pela Anvisa desde 2009, e que o comércio clandestino é crime de contrabando, cuja pena de reclusão varia de 2 a 5 anos.

Além da proibição, o uso de cigarros eletrônicos traz malefícios à saúde. Segundo a Resolução de Diretoria Colegiada 46 da Anvisa, eles podem causar doenças respiratórias, como enfisema pulmonar, doenças cardiovasculares, dermatite e câncer. Também há o risco de explosão da bateria, pois são de fabricação e procedência duvidosa.

 

Veja Também

Comentários estão fechados.