Notícias de Caçador e Região

PL aluga casa em condomínio de luxo para Bolsonaro morar após fim de mandato

O Partido Liberal (PL) alugou uma residência no condomínio Ville de Montagne, situado no bairro Jardim Botânico, em Brasília, para o presidente Jair Bolsonaro morar a partir de 1º janeiro, quando termina seu mandato. O imóvel, segundo divulgado pelo colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, será bancado pelo PL, que também arcará com os custos de condomínio e IPTU.

Segundo descrito no site oficial do próprio “Ville de Montagne”, trata-se de um local com “localização privilegiada, áreas de encostas, nascentes, cachoeiras e muito verde que cerca a região. […] com exuberante magnitude de natureza, objetivando morada saudável, preservando o que de melhor oferece a situação ecológica da região, onde o bem estar, a paz, as flores, a harmonia, a fraternidade e o amor façam morada”.

De acordo com Lauro Jardim, no novo imóvel, Bolsonaro estará próximo de alguns de seus aliados, como o ministro da Justiça, Anderson Torres, que tem uma casa no condomínio, e Hamilton Mourão, eleito senador, que também morará no local.

Depois de sair do Palácio do Planalto, Bolsonaro vai assumir, em janeiro, o cargo de presidente de honra do PL. Quando deixar a Presidência da República, ele terá direito a cerca de R$ 40 mil com aposentadorias do Exército e da Câmara.

Ainda segundo o colunista de O Globo, em relação ao cargo de presidente de honra, a cúpula do PL tem o consenso de que o valor que o presidente pode receber não ultrapasse R$ 39.293,32, que é o salário de um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Os recursos serão provenientes do fundo partidário. Bolsonaro também deverá receber do partido um escritório com assessores e terá carros à disposição.

Com informações Terra 

 

Veja Também

Comentários estão fechados.