Notícias de Caçador e Região

PF de SC mira venda ilegal de vinho da argentina no Brasil

A PF (Polícia Federal) de Santa Catarina deflagrou nesta terça-feira (6) uma operação para desarticular um grupo que atua na venda de vinhos argentinos pela internet sem o pagamento de impostos. A investigação foi coordenada pela Delegacia de Dionísio Cerqueira, que fica no Extremo-Oeste do Estado, já na fronteira.
Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, todos expedidos pela Justiça Federal de Foz do Iguaçu (PR), em duas casas, uma empresa e um galpão utilizado como depósito do grupo, todos localizados na cidade de Francisco Beltrão (PR).

A investigação se iniciou em 2019, em razão de apreensões de garrafas de vinho despachados pelos Correios. “Apurou-se que grupo criou duas empresas distintas e, por intermédio delas, passou a vender os vinhos usando plataformas de comércio eletrônico, utilizando contas bancárias próprias e terceiros para receber os pagamentos”, disse a PF em nota.

Os vinhos eram despachados para todo o Brasil. Os investigados responderão pelos crimes de descaminho (art. 334, § 1º, III, do Código Penal, com pena de até 4 anos de reclusão), praticado por associação criminosa (art. 288 do Código Penal, com pena de até 3 anos de reclusão).

Com informações ND Mais 

Veja Também

Comentários estão fechados.