Notícias de Caçador e Região

Pessoa infectada pelo coronavírus não fica imune por 3 meses, dizem EUA

O CDC (Centro de Prevenção e Controle de Doenças) dos Estados Unidos emitiu uma nota na sexta-feira (14) para esclarecer que as pessoas que tiveram covid-19 não estão imunes ao vírus nos três meses seguintes à infecção.

Um guia publicado pelo órgão em 3 de agosto dava a entender que que os pacientes que foram infectados pelo coronavírus não teriam risco de uma nova infecção pelo período de três meses devido à presença de anticorpos no organismo.

Após veículos de imprensa abordarem essa suposta imunidade, o CDC afirmou que o período em que o organismo estaria protegido de uma nova infecção ainda não está claro.

“O guia apenas sugere que não é necessário fazer o teste para covid-19 em uma pessoa nos três meses seguintes à infecção, a menos que ela apresente os sintomas da doença e esses sintomas não possam ser associados a nenhuma outra moléstia”, disse o CDC.

Segundo o novo alerta, há diversos estudos em andamento que investigam a duração da infecção e o risco de propagação do vírus.

Com informações UOL

Veja Também
Comentários
Loading...