Notícias de Caçador e Região

Peritos e médicos legistas do IGP apontam falta de estrutura para necropsias

O deputado estadual Valdir Cobalchini (PMDB) recebeu em seu gabinete regional em Caçador, servidores do Instituto Geral de Perícias, que solicitaram apoio para a construção de uma nova sala para necropsias. O espaço atual, que funciona no subsolo da capela mortuária, não atende as necessidades de privacidade, higiene e segurança que o trabalho exige, conforme relataram os médicos legistas João Gomes e NorthonKnoublach, além do perito Jean Carlos Kuss.

A intenção do perito criminal e responsável pelo IGP de Caçador, Luís Carlos Reichert, é desmembrar esse projeto do Complexo da Segurança Pública, que foi aprovado há algum tempo pela secretaria de Estado da área, mas que foi adiado pela falta de recursos estaduais. “Já recebemos inclusive um terreno para a obra, mas nossa intenção é antecipar essa sala de necropsia, que é o uma questão emergencial”, declarou. Segundo ele, o número de procedimentos da regional de Caçador é um dos mais elevados do estado, porque atende todas as vítimas de trânsito nas rodovias, além dos homicídios e suicídios.

Para os médicos legistas e peritos a situação é constrangedora, pois muitas vezes a família fica no mesmo espaço onde ocorre a necropsia e algumas até ajudam no procedimento. “O ideal era que tivesse uma sala reservada para os familiares, que fariam o reconhecimento, mas ficariam isolados, sem passar por mais essa dor”, comenta Northon. Algumas vezes quando o corpo já está em estado avançado, o odor acaba sendo sentido por pessoas que participam de velórios na capela. “Já tivemos casos de pessoas que sentiram-se mal”, destacam.

Para o deputado Cobalchini, a situação é realmente preocupante e se colocou à disposição para auxiliar na captação de recursos estaduais para a edificação do novo espaço. “Temos que dar as condições adequadas de trabalho para os peritos e legistas e também um espaço correto para os familiares que tiverem que passar por essa situação”. Cobalchini solicitou que seja providenciado o projeto arquitetônico e orçamento financeiro da obra, para que busque a liberação dos recursos.

Veja Também

Comentários estão fechados.