Notícias de Caçador e Região

Pastor suspeito de abusar fiéis durante ‘orações individuais’ é preso em SC

Nove mulheres procuraram a Polícia Civil para denunciar abusos sexuais cometidos por um pastor de uma igreja evangélica em Tubarão, no Sul catarinense.

 Segundo a polícia, ele era conhecido como “homem de Deus” na congregação e foi preso na última sexta-feira, dia 4, quando cinco das vítimas contaram o que havia acontecido.

 Após a detenção, outras quatro procuraram a Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso da cidade (DPCami).

De acordo com as investigações, iniciadas em outubro, os crimes aconteciam na igreja e nas casas das vítimas. O homem tinha como hábito fazer oração em conjunto e depois pedia para a vítima ficar sozinha em uma sala isolada para “oração individual”. Era nesse momento que praticava o abuso, de acordo com a investigação.

 Ainda segundo a Polícia Civil, houve relatos ocorridos há 11 anos e uma das vítimas disse ter sofrido abuso quando era menor de idade. As investigações devem finalizar em 10 dias, depois o caso será encaminhado ao poder Judiciário e Ministério Público.

 O pastor pode responder por crimes contra a dignidade sexual, como importunação, assédio e violação sexual mediante fraude. A soma das penas pode ultrapassar 20 anos de prisão.

Com informações do g1

Veja Também

Comentários estão fechados.