Notícias de Caçador e Região

Pai que matou gêmea de um mês é condenado a 43 anos de prisão

Depois de cerca de oito horas de julgamento, Fabiano da Luz foi condenado a 43 anos, 10 meses e 1 dia de prisão em regime fechado por ter matado uma das suas filhas gêmeas recém-nascida. O crime aconteceu no início de 2014, em Videira.

Fabiano espancou e estrangulou as gêmeas recém-nascidas Brenda e Herica porque elas estavam chorando e o irritavam. Devido aos ferimentos ocasionados pelas agressões, Brenda acabou morrendo no dia 15 de maio de 2014, na UTI do Hospital Regional de Curitibanos.

Já Herica que sofreu fratura na perna e outras lesões pelo corpo ficou internada por alguns dias até sua recuperação.

O júri foi presidido pelo juiz André Luiz Trentini. Atuou na acusação, o promotor Joaquim Torquato Luiz. Segundo ele, o resultado agradou a todos e a condenação foi uma resposta a toda comunidade que ficou muito chocada na época do crime.

Veja Também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.